Marabá

MPPA esclarece detentas de Marabá sobre doenças sexualmente transmissíveis

A palestra faz parte do plano de atuação das Promotorias de Justiça e possui como objetivo geral a contribuição para fomentar ações de saúde no âmbito do sistema prisional

O Ministério Público do Estado do Pará, por meio da Promotoria de Justiça da Execução Penal e Promotoria de Justiça de Direitos Humanos de Marabá, promoveu ontem, quinta-feira (14), no Centro de Recuperação Feminino de Marabá (CRFM), palestra com o tema “Doenças Sexualmente Transmissíveis”, ministrada pelo médico Fernando Monteiro, diretor do Hemopa de Marabá.

As Promotorias de Justiça de Execução Penal e Controle Externo da Atividade Policial e de Direitos Humanos de Marabá atuarão no biênio 2018/2019, por meio do plano de atuação denominado “Saúde para todos: sem preconceitos e discriminações”, em parceria para realizar avaliações sobre a realidade prisional da população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros) e implantarem ações para garantir uma vida digna a esse segmento no sistema prisional marabaense.

A palestra ministrada ontem faz parte do plano de atuação das Promotorias de Justiça e possui como objetivo geral a contribuição para fomentar ações de saúde no âmbito do sistema prisional de Marabá, considerando a necessidade de superação do preconceito e da discriminação por meio de mudança de valores, fundamentada no respeito às diferenças, conforme o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e dos Direitos das pessoas LGBT e Política Nacional de Saúde integral de lésbica, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

O evento contou com a participação de aproximadamente de 30 pessoas, entre detentas e servidores da unidade prisional e lhes permitiu os esclarecimentos acerca das doenças sexualmente transmissíveis, o que contribuirá para construção de políticas públicas de saúde integral, voltadas às pessoas LGBT inseridas no sistema prisional.

(Fonte/ Ascom MPPA/ Edyr Falcão)

Deixe seu comentário