Motorista esmagado em Parauapebas pelo próprio caminhão que dirigia

Ele atrelou o caminhão em que trabalhava a um baú. Minutos depois, o veículo começou a descer e o homem morreu tentando abrir a porta da cabine
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O motorista Fernando Matos da Silva, 40 anos de idade, natural de Diadema (SP), morreu em acidente de trabalho quando a própria carreta que ele dirigia o imprensou contra um muro no pátio da empresa em que ele descarregava.

 O caso aconteceu por volta das 15h40, de sexta-feira (10), no interior do depósito de uma distribuidora de refrigerantes, na qual ele trabalhava havia 10 anos, localizada na Rua 86, Bairro Jardim Canadá.

Boletim de Ocorrência registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, dá conta de que Fernando, condutor do caminhão Volvo, de cor branca, de placas OBU-1625/PA, atrelou o veículo ao baú de placas OBT-9045/PA e foi conversar com um colega de trabalho.

Minutos depois ele foi avisado de que a carreta estava descendo e correu para tentar entrar na cabine do veículo, mas não conseguiu abrir a porta e acabou esmagado contra um muro. Fernando Matos da Silva ainda chegou a ser socorrido e removido a um hospital particular, mas os médicos não conseguiram salvá-lo devido aos danos causados a diversos órgãos internos.

(Caetano Silva)