Ministério Público promove audiência pública sobre abastecimento de água em São Geraldo do Araguaia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Na manhã desta terça-feira, 15, o Ministério Público Estadual do Pará (MPPA) realizou uma audiência pública para tratar do abastecimento e qualidade da água fornecida à população de São Geraldo do Araguaia. Além disso, também entrou na pauta de discussão o esgotamento sanitário do município. O objetivo geral foi estabelecer canais de comunicação direta com a sociedade, para recolher contribuições e sugestões sobre a atuação do Ministério Público com relação ao tema.

A audiência foi realizada às 9h da manhã, na Câmara Municipal de São Geraldo. Além de obter mais informações quanto  às constantes reclamações com relação ao fornecimento ineficiente de água tratada e destinação de esgoto em São Geraldo, o MPPA tem como objetivo obrar da autoridade concessionária do serviço público mais compromisso com os consumidores e com o meio ambiente.

No mês de novembro, a agência de reportagem e jornalismo investigativo A Pública divulgou uma reportagem produzida sobre o assunto. Segundo a matéria, a concessão de abastecimento para a Odebrecht Ambiental veio acompanhada de tarifas altas e má qualidade da água, com excesso de cloro no tratamento. Moradores de baixa renda, que precisam do Bolsa Família para sobreviver, têm sentido dificuldade para pagar as contas todo mês.

Na ocasião, a empresa afirmou que “obedece a todos os padrões de tratamento de água em atendimento ao preconizado pelo Ministério da Saúde” e que realiza monitoramentos constantes de qualidade da água por meio de exames laboratoriais. “O teor de cloro estabelecido pela legislação deve ficar entre 0,2 e 2 miligramas por litro, sendo que utilizamos o valor de 0,9 miligrama por litro”.

Publicidade