Mineradora Buritirana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Digital Camera Estrada de acesso a mineradora Buritirana, na Vila União, município de Marabá

Digital CameraLeitor antenado na atual situação das empresas com a Vale, envia as fotos acima pra mostrar também o descaso da mineradora Buritirana, no município de Marabá, com as estradas próximas a Vila União, usadas indiscriminadamente pela mineradora para o escoamento do minério. Segundo o leitor as estradas estão sendo destruídas por caminhões e carretas 3 eixos que chegam a transitar com 62 toneladas.

Não bastasse os estragos nas estradas, os prestadores de serviço reclamam dos maus tratos, das multas aplicadas aos transportadores e ameaças de corte do caminhão da frota, que são proibidos de parar nas vilas para as refeições ou mesmo procurar um posto de saúde. Ainda segundo o leitor, na portaria da mineradora não há sequer um abrigo para amparar o motorista da chuva e do sol, mesmo que seja necessário aguardar 48 horas para o carregamento.

O preço do frete aplicado pela mineradora é de R$30,00 (trinta reais) por tonelada, que, segundo o leitor, em virtude do péssimo estado das estradas, fica quase sempre nas oficinas para a recuperação dos caminhões.

É preciso que a mineradora reveja seus conceitos e providencie abrigo para os motoristas e recuperação das estradas, já que é a melhor beneficiada, antes que se torne antipatizada na região. Seria o mínimo de contrapartida pelo alto lucro que vem tendo.

Publicidade