Marabá: Ocorrências de queimadas e poluição sonora aumentam na cidade

Em balanço divulgado, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), Defesa Civil e Guarda Municipal de Marabá (GMM) informam que, só no último fim de semana, foram atendidas 52 chamadas de poluição sonora e 14 referentes a focos de queimadas na cidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em balanço divulgado nesta terça-feira (11), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), Defesa Civil e Guarda Municipal de Marabá (GMM), no sudeste do Pará, informam que atenderam, só no último fim de semana, 52 chamadas de poluição sonora e 14 referentes a focos de queimadas na cidade. Desde o início do verão, os órgãos estão atuando no combate aos crimes ambientais, que aumentaram no município.

De acordo com os dados divulgados, na última sexta-feira (7), a Defesa Civil e Semma atenderam dois chamados de incêndio de grandes proporções, um no KM 6, atrás da rodoviária, e um na Folha 23, Quadra 21. Outro foco de incêndio em um terreno baldio na Folha 29 também foi controlado.

No sábado (8), foram mais três focos de queimadas controlados na Folha 30, Bairro Nossa Senhora Aparecida (Coca-Cola) e Folha 07. Já no domingo foram atendidos mais oito chamados: dois nos bairros Araguaia e da Paz, um no Bom Planalto, um no Residencial Morumbi (grandes proporções), um no Bairro Amapá e um Folha 33.

Poluição Sonora: Nas operações de poluição sonora foram apreendidas duas caixas amplificadas e sete pessoas foram notificadas para responderem a processos administrativos no órgão.

De acordo com os órgãos, o maior número de ocorrências ocorreu no Bairro Nova Marabá. Para realizar a fiscalização, a Semma contou com o apoio da Guarda Municipal. O maior número de denúncias e notificações foi realizado no domingo, com 31 denúncias e quatro notificações.

(Tina Santos- com informações Ascom PMM)