Marabá vai contar com Laboratório de Inflação e Custo de Vida

Por meio da celebração de convênio entre a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), a cidade …


-vid laboratorio - B.EPor meio da celebração de convênio entre a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), a cidade de Marabá será contemplada com um Laboratório de Inflação e Custo de Vida.

No valor de R$1.029.330,76 (um milhão, vinte e nove mil, trezentos e trinta reais e setenta e seis centavos), o convênio será firmado na próxima segunda-feira, dia 23, durante solenidade que acontecerá às 9 horas no auditório do Campus I da Unifesspa, na Folha 31, Quadra 7, Lote Especial, bairro da Nova Marabá. O convênio terá duração prevista de quarenta e oito meses consecutivos.

O objetivo da implantação do Laboratório de Inflação e Custo de Vida de Marabá é subsidiar as políticas públicas de planejamento, políticas econômicas voltadas ao controle de preços e distribuição de renda, políticas sociais dedicadas à compreensão do consumo e orçamento familiar e primordial ao empoderamento da sociedade civil.

O laboratório vai gerar os índices de preços de produtos e serviços mensalmente, dentre eles, os preços da Cesta Básica Regional e da Pesquisa de Origem dos Produtos. Para produzir os índices haverá a garantia e o sigilo dos informantes e das informações obtidas nas pesquisas.

Valores

Do convênio previsto de R$ 1.029.330,76, a Fapespa vai bancar R$ 395.634.76 e outros R$ 633.696,00 serão aportados pela Unifesspa, na condição de contrapartida não financeira, com a concessão de equipamentos e materiais permanentes e disponibilização de professores, pesquisadores e técnicos que irão compor a equipe de trabalho para a execução do plano de trabalho do Laboratório de Inflação e Custo de Vida de Marabá.

Deixe seu comentário