Manaus: paraense preso pela PF com 48 kg de cocaína

De Manaus vem a informação de que o paraense Francisco Lima, 34, foi preso pela Polícia Federal na madrugada do último domingo com 41 pacotes com cocaína e pasta base …

mala De Manaus vem a informação de que o paraense Francisco Lima, 34, foi preso pela Polícia Federal na madrugada do último domingo com 41 pacotes com cocaína e pasta base de cocaína quando tentava voltar para Belém.

Francisco Lima, 34, natural do Pará, tentava retornar ao Pará, em um voo da Azul Linhas Aéreas, quando foi preso tentando transportar 48 quilos de cocaína e pasta base de cocaína divididos em 41 pacotes. Ele foi flagrado pela Polícia Federal (PF) por volta das 2:00 horas do domingo (08) no Terminal I do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus (AM).

A droga foi localizada pela PF antes que Francisco embarcasse na aeronave que o levaria para abastecer o mercado de Belém, onde parte da droga seria dividida. Outras duas partes da cocaína seriam destinadas para o Nordeste, chegando nas cidades de Fortaleza (CE) e São Luís, no Maranhão.

Francisco Lima foi encaminhado à sede da PF, no bairro Dom Pedro, ainda na madrugada do domingo, para em seguida ser levado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa. Ele responderá por tráfico de entorpecentes.

De acordo com o chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal, delegado Alexandre Rabelo, a apreensão ocorreu principalmente por causa de dois fatores: o primeiro o peso incomum da mala, com 48 quilos, quando o permitido é 23. Quando a mala foi levada ao raio-x, o aparelho detectou um conteúdo suspeito. Ao ser aberta foram encontrados os entorpecentes; e o segundo, o nervosismo do passageiro, que, posteriormente confessou que fora contratado por um cidadão, que disse não conhecer, apenas para servir de mula até Belém. Pelo serviço, Francisco receberia a quantia de R$5 mil.

Com informações do site emtempo.com.br

5 comentários em “Manaus: paraense preso pela PF com 48 kg de cocaína

  1. MÁRCIO Responder

    É impressionante, como os manauaras acham que no PARÁ só tem ladrão. Sou Paraense, e fico triste com esse tipo de comentário, mais fazer o que, quem tem boca fala o que quer. Já estive em Manaus algumas vezes a trabalho, e é nítido o preconceito SIM, contra os paraenses.Mais Zé Dudu o Pará é grande, é seu povo é forte. Por isso NÃO A DIVISÃO! CHEGA DE PLEBISCITO! CHEGA DE CORRUPÇÃO!CHEGA DE POLITICAGEM ! VAMOS A LUTA!

  2. Clayton Santos Responder

    Zé, não foi minha intenção te ofender, mas eu, como paraense me senti ofendido com uma noticia desse porte que nada interessa ao povo e a mim e não traz nenhum beneficio a sociedade. Infelizmente, o titulo implicitamente explora a palavra PARAENSE, que ao meu ver foi citado com afinco.

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Clayton, jornalisticamente falando, a quem interessaria um título: “PF prende 48 Kg de cocaína em Manaus” ? O Blog é dop Pará e busca sempre notícias relativas ao/ou interesses dos paraenses e dos que aqui habitam. Entendeu o motivo?

  3. Clayton Santos Responder

    Caro Zé Dudu,

    Sei que você já deixou esse perfil XENOFÓBICO, pois sabemos que uma notícia dessa não tem a miníma importância para Parauapebas e para ninguém, a não ser para outras pessoas XENOFÓBICAS, principalmente goianos e tocatinenenses, conterrâneos, que gostam de divulgar as mazelas do Pará e de seus nativos mundo afora, reclamando de barriga cheia da gente e da terra local que os acolheram e lhe dão de comer, matando suas sedes e fome, dando-lhes abrigo e esquecem que em Brasilia e Goias a situação esta a mesma. Portanto meu caro, se a intenção foi rebaixar nós paraenses você não conseguirá dessa maneira pois sabemos que todos temos telhado de vidro!

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Clayton, não foi minha intenção rebaixar ninguém, quanto mais os paraenses. Caso você não saiba, tenho 3 filhos paraenses e me orgulho muito desse Estado que me acolheu há pouco menos de 30 anos. Acredito que esse papo de xenofobia já não cola mais, seria bom você encontrar outro termo para tentar ofender ao Blogger e se conscientizar que o Pará só será forte e eficiente ( grande ele já é ) se todos nos unirmos para tal.

Deixe seu comentário