Mais dois pontos de venda de drogas fechados pela PM em Parauapebas

No primeiro, os policiais atenderam a uma denúncia anônima e prenderam um jovem de 20 anos. No outro, um suspeito foi abordado na rua com maconha acabou revelando que na casa dele tinha mais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Nos últimos tempos, em Parauapebas, a população, por meio de denúncias anônimas, tem auxiliado a Polícia Militar a combater o crime de tráfico de drogas na cidade.  Desta feita a casa caiu para o jovem Matheus Ferreira da Silva, 20 anos, preso em flagrante, ontem, terça-feira (11), na Rua das Mangueiras, no Bairro Novo Brasil, com 128 gramas de maconha.

Ao realizar policiamento ostensivo naquela área, uma guarnição foi informada por populares de que o jovem estaria comercializando entorpecentes na casa dele. Imediatamente, os policiais militares se dirigiram ao local e viram Matheus na porta do imóvel. Ao revistá-lo, os agentes da lei encontraram com ele certa quantidade da droga. Dentro da casa foi encontrada uma barra de maconha prensada.

Matheus Ferreira da Silva foi conduzido para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde o delegado plantonista Dufrae Abade Paiva, o enquadrou no artigo 33 da Lei 11.343/06 (Lei Antidrogas), ficando assim à disposição da Justiça.

Casal de traficantes preso no Rio Verde

Yago Nascimento
Jully Cristian

Também ontem (11), no final da tarde, outra guarnição da Polícia Militar conduziu até a Delegacia de Polícia Civil o casal Yago Nascimento Rabelo, 19 anos, e Jully Cristian Garcia dos Santos, 26. Ambos foram flagrados com 1.664,8 gramas de maconha, balança de precisão, caderno de anotações, um iPhone e dinheiro.

Yago foi abordado na Rua Araguaia, no Bairro Rio Verde, quando pilotava a moto Honda Pop 100, preta, placa QDN-9035. Foi revistado, a PM encontrou com ele mais de 600 gramas de maconha. Interrogado pelos policiais militares, ele disse que em casa guardava mais da mesma droga e levou os PMs até a moradia, onde estava a mulher dele Jully.

Na casa, na Rua Dom Pedro I, foi encontrada a droga prensada e os demais objetos. O casal foi conduzido até a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foi enquadrado pelo crime de tráfico de drogas.

(Caetano Silva)

Publicidade