Mais de meio milhão de reais já foram liberados para empreendedores de Canaã

Fundo Municipal financia aquisição de insumos, equipamentos e até pagamento de boletos. Mais de 160 inscritos aguardam aprovação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Neste momento, 162 processos aguardam aprovação de financiamento do Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável (FMDS) da Prefeitura de Canaã dos Carajás. Mais de meio milhão de reais já foram liberados, através de linhas de créditos, para microempreendedores, MEI’s e pequenas empresas.

São R$ 8 milhões destinados a empreendedores que enfrentam dificuldades financeiras impostas pela pandemia da covid-19. O Fundo não libera dinheiro em espécie, mas financia aquisição de insumos, equipamentos, pagamentos de boletos e até combustível, no caso de empresas de serviços.

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, 106 microempresas (ME’s) e empresas de pequeno porte (EPP’s), 49 microempresas individuais (MEI’s) e 7 empreendimentos da agricultura familiar aguardam a liberação de recursos do FMDS. “Temos mais de 160 processos inscritos, destes, 75 visitas técnicas já foram realizadas, 13 estão em andamento junto à Procuradoria e quatro em processo de pagamento para os próximos dias”, ressaltou o secretário, Gilson Lima.

A demora na aprovação dos pedidos de financiamentos acontece porque o processo precisa passar por várias etapas. Primeiramente, se inicia com o requerimento realizado na Sala do Empreendedor, onde o solicitante recebe apoio técnico para a montagem do processo. Em seguida, o documento é enviado à Câmara Técnica que faz uma análise prévia e encaminha para Visita Técnica. Após essa etapa, a Câmara Técnica recebe o processo para emissão de parecer e encaminha ao conselho composto de quatro representantes da sociedade organizada, quatro representantes do Governo Municipal e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico. O Conselho vota para aprovar ou não, o processo que depois será encaminhado à Procuradoria e Controladoria do Município e depois, com à Tesouraria do FMDS que toma as providências contábeis para a liberação do recurso.

Aprovados

Quem conseguiu a liberação de financiamento, viu a possibilidade de um novo recomeço. É o exemplo da costureira, Dinalva de Sousa Santos, que é microempreendedora Individual e através do Fundo, adquiriu maquinário de costura para poder trabalhar por conta própria. “São máquinas modernas, que eu sempre quis comprar e não tinha condição financeira. O empréstimo desse fundo, pra mim foi essencial”, comemorou Dinalva.

A empresa MRV Transportes, que existe há 8 anos em Canaã dos Carajás, adquiriu um novo micro-ônibus. “Pra MRV é uma ajuda muito importante para a melhoria da nossa frota. E mostrar para os nossos clientes, a preocupação de estar com equipamento top de linha, o mais novo possível e prestar um serviço com mais qualidade e segurança ainda”, ressaltou Evandro Rios, proprietário da MRV.

FMDS

O Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável foi criado em 2017, pela Prefeitura de Canaã, com o objetivo de fomentar o empreendedorismo, através da oferta de linhas de créditos, com juros abaixo do mercado. Os recursos saem da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) que destina 5% para o fundo.

Publicidade