Mais de 65 mil alunos já receberam “Reencontro com a Escola”

O pagamento, em cota única, começou neste sábado (18). Objetivo do programa é estimular o retorno presencial às aulas, combater a evasão escolar e incentivar novas matrículas na rede pública de ensino
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Alunos concluintes receberam pagamento em cota única de R$ 500,00 (Foto: Ascom Seduc)

Continua depois da publicidade

Neste domingo (19), agências do Banco do Estado do Pará (Banpará) abriram de 8h às 12h, de forma excepcional, para pagamento do recurso do Programa “Reencontro com a Escola” aos estudantes da rede estadual de ensino. Até as 11h30, o benefício havia sido pago a 65,6 mil estudantes.

O Programa “Reencontro com a Escola” teve sua análise e aprovação pela Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) na última segunda-feira (14), e foi lançado oficialmente pelo governador Helder Barbalho nesta quinta (16). A iniciativa objetiva estimular o retorno presencial dos alunos aos espaços de aprendizagem, combater a evasão escolar e incentivar novas matrículas para o ano letivo de 2022. 

O pagamento começou na manhã deste sábado (18). Segundo o governo do estado, mais de 595 mil estudantes regularmente matriculados nas unidades escolares da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) receberão o incentivo, em um investimento de R$ 108 milhões de recurso do Tesouro Estadual.

O benefício foi liberado inicialmente para 121 mil estudantes da rede pública estadual, concluintes do ensino médio, os quais estavam aptos para receber em parcela única o valor de R$ 500. Para cerca de 474 mil alunos que frequentam os demais anos, séries e modalidades de ensino, o benefício será de R$ 100. O cronograma de pagamento será informado nesta segunda-feira (20), no site da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Para quem estuda nas unidades da Sectet, a declaração será emitida presencialmente nas Escolas de Ensino Técnico do Pará (EETEPAs). O pagamento desses alunos está sendo definido com o Banpará e, brevemente, o cronograma será divulgado.

De acordo com o programa, para realizar o saque do auxílio, é preciso emitir uma declaração de matrícula diretamente no site da Seduc. Após a impressão deste certificado, os beneficiários devem se dirigir até uma agência do Banpará portando algum documento oficial com foto (RG, Carteira de Trabalho ou CNH) e o comprovante de vacinação contra a Covid-19, obrigatório para quem estiver acima dos 12 anos.

Para alunos com idade inferior a 18 anos, os pais ou responsáveis devem acrescentar o seu CPF durante a emissão do certificado de matrícula, de modo que o pagamento seja autorizado.

Tina DeBord – com informações da Secom

Deixe seu comentário

Posts relacionados