Lista de conselheiros tutelares eleitos em Parauapebas será divulgada amanhã

A partir disso, candidatos poderão recorrer contra o resultado da eleição, que teve os votos recontados na semana passada.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Comissão Especial Eleitoral que conduz o processo de escolha dos novos conselheiros tutelares de Parauapebas irá publicar edital amanhã (29) com a lista preliminar dos candidatos eleitos, para o período de 2020 a 2023. Depois disso, na quarta-feira (30), será aberto prazo para recursos, junto à própria comissão, contra o resultado. Candidatos terão até sexta-feira, 1º de novembro, para recorrer.

A eleição foi realizada dia 6 deste mês, mas os votos foram recontados na última quarta-feira depois de detectados problemas técnicos na apuração. Daí, não ser descartada a impetração de recursos pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdcap), cujo presidente, Aldo Serra, assegura estar tranquilo em torno da lisura do processo, que é acompanhado pelo Ministério Público.

Com a recontagem, foram computados 17.891 votos, dos quais 17.796 foram válidos; 65 foram nulos; e 30, em branco. Na relação de quem foi eleito, entre titulares e suplentes, pouca coisa mudou. Ao contrário do que foi dito em matéria publicada pelo Blog do Zé Dudu na quinta-feira passada, as duas primeiras candidatas mais votadas – Márcia Aguiar Barros e Terezinha Oliveira – não apresentaram grande diferença na recontagem dos votos.

Márcia Barros havia recebido 1.605 votos e, com a recontagem, ficou com 1.604 enquanto Terezinha Oliveira recebeu 1.538 votos, 16 a menos que o apurado anteriormente. Praticamente, foram mantidos todos os candidatos eleitos na primeira apuração.

A única mudança significativa foi a entrada na lista dos eleitos de Frank Barros da Paixão, que de suplente passou para a titularidade mesmo perdendo dois votos na recontagem, de 656 para 654. É que Edoilson Silva Souza, que até então ocupava o 10º lugar, recebeu menos votos do que os computados inicialmente: em vez de 665, ele recebeu 628 votos, caindo para a 2ª suplência. A primeira ficou com Hilka Lima Santos, com 634 votos.

Depois do prazo de recursos à comissão eleitoral ainda caberá recurso ao Comdcap, no período de 7 a 11 de novembro. A lista final com os nomes dos novos conselheiros titulares de Parauapebas será publicada dia 19 de novembro, mês em que receberão curso de capacitação entre os dias 25 e 29. A nomeação deles está marcada para 6 de janeiro de 2020 e a posse, para 10 de janeiro.

Veja a lista preliminar dos eleitos

TITULARES

Márcia Aguiar Barros – 1.604 votos

Terezinha Oliveira – 1.538 votos

Maraísa Dias Silva – 1.138 votos

Edileuza Gonçalves – 986 votos

Neil Armstrong – 942 votos

Líbia Ferreira Cutrim – 924 votos

Ivanildo Braga da Silva – 772 votos

Vanda Ferreira Nascimento – 755 votos

Igor Vieira dos Santos – 686 votos

Frank Barros da Paixão – 656 votos

SUPLENTES

Hilka Lima Santos – 634 votos

Edoilson Silva Souza – 628 votos

Elinete de Jesus Fernandes – 590 votos

Márcia de Jesus da Silva – 586 votos

Vaurismar Nascimento – 571 votos

Maria da Conceição Sousa – 550 votos

Laís de Souza Conceição – 528 votos

Nathyele Melo Andrade – 524 votos

Alzenir Barbosa Rossy – 480 votos

Carlene da Silva Barros – 429 votos

Publicidade