Parauapebas

Justiça nega adicional de periculosidade aos funcionários do DMTT

A juíza de direito titular da 4ª Vara da Comarca de Parauapebas, Drª Adelina Luíza Moreira Silva e Silva (foto), negou liminar pleiteada pelo Sinsepar – Sindicato dos Servidores Públicos …

Dra AdelinaA juíza de direito titular da 4ª Vara da Comarca de Parauapebas, Drª Adelina Luíza Moreira Silva e Silva (foto), negou liminar pleiteada pelo Sinsepar – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Parauapebas – através de Mandado de Segurança impetrado naquela Vara (Processo 0006022-02.2014.814.0040) que reivindicava adicional de periculosidade aos funcionários lotados no Departamento Municipal de Trânsito e Transporte – DMTT. 

Julgando o mérito, a juíza sentencia que o impetrante não conseguiu provar que os funcionários, supostamente contratados para exercer funções administrativas, exerciam atividades de fiscalização do trânsito, requisito essencial para o recebimento do adicional.

Da decisão, publicada no Diário da Justiça do Pará de hoje, cabe recurso.

Um comentário em “Justiça nega adicional de periculosidade aos funcionários do DMTT

Deixe seu comentário