Jovem preso por furtar casa de vizinha e ameaçar vizinho com faca

Não conformado em ter levado objetos de valor da mulher, ele passou a desacatar e ameaçar um vizinho de outra rua
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Ideilson Porto Dias, 28 anos de idade, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, por volta das 22 horas de terça-feira (16), acusado de furto qualificado. Minutos antes de ser preso pela Civil, ele havia sido levado pela Polícia Militar até a delegacia, acusado de ameaças contra um vizinho dele. Entretanto, conforme denúncia de outra vizinha, ele entrou na casa dela e furtou vários objetos de valor.

A mulher, que pediu para ter a identidade preservada, e que mora só, no Bairro Vila Nova, contou por volta das 14h30, Ideilson entrou na casa dela, de capacete, óculos espelhados, armado de faca e bastante alterado, por estar drogado.

Em seguida, perguntou quem era o homem que estava lá, sentado em um sofá, e a mulher explicou que se tratava de um pastor, que havia sido chamado por ela para fazer uma oração. Imediatamente, ele tirou o capacete e os óculos, colocou a faca na cintura, pediu desculpas e saiu. Logo depois, voltou com um cartão de visita de uma serralheria, disse que a casa dela precisava de grades e ofereceu seus serviços caso ela precisasse de alguma coisa. A mulher conta que logo depois saiu para a igreja a fim de assistir um culto e voltou por volta das 19h.

Assim que ela entrou em casa, o rapaz, que estava na rua, também entrou na casa dele, que fica nos fundos do imóvel em que ela mora. Ao entrar em casa, a mulher percebeu que uma das janelas estava aberta e pediu socorro na casa da vizinha, enquanto Ideilson esmurrava a porta da casa dela na tentativa de invadir.

Após ele desistir, ela entrou em casa e constatou que o rapaz havia furtado três celulares, cordões e pulseira de ouro, roupa, mochila e um TV Box. Depois, soube que ela havia sido preso pela PM por estar ameaçando um vizinho com uma faca. Já na Delegacia, ela recuperou todos os bens.

(Caetano Silva)

Publicidade