Jovem de 23 anos executado com um tiro na cabeça em Parauapebas

Não se sabe o motivo do assassinato nem quem foi o executor. Consta que o rapaz era dependente químico e não tinha inimigos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Edinaldo de Oliveira Silva, 23 anos, natural de Vitorino Freire (MA), foi assassinado com um tiro na cabeça, na porta da casa de um amigo, na Rua Estocolmo, no Bairro Novo Horizonte, em Parauapebas. O crime, cujo motivo ainda é desconhecido, aconteceu por volta das 22h de ontem, quinta-feira (12). O jovem foi executado por um desconhecido que chegou em uma moto pilotada por um comparsa.

De acordo com informações colhidas no local do crime, Edinaldo Silva conversava com um amigo, em frente à casa deste, quando começou a chover. Os dois, então, entraram para a área coberta da casa e continuaram a conversa.

Logo despois, dois homens chegaram em uma motocicleta Honda Biz. O da garupa desceu e ordenou que uma criança de 8 anos, que estava brincando perto dos dois amigos, entrasse na casa. Em seguida, mandou que os dois rapazes deitassem no chão.

Após isso, mandou que Edinaldo de Oliveira tirasse o boné, encostou a arma na cabeça dele e disparou à queima roupa.  

Em seguida, voltou à rua, montou na moto com o cúmplice e ambos deixaram o local. Consta que o jovem era dependente químico e que não se tem conhecimento de que ele tivesse algum inimigo declarado.

(Caetano Silva)