Jacundá: Servidora da Saúde suspeita de aplicar metade de vacina em idoso

Um neto do homem filmou a suposta fraude com o celular. As imagens ganharam as redes sociais. O caso está sob investigação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Vídeo mostrando uma servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Jacundá aplicando a metade de uma dose do imunizante contra a covid-19 em um idoso começou a circular nas redes sociais e será investigado por meio de um procedimento administrativo. O idoso receberá acompanhamento.

O vídeo,  gravado por um neto do idoso, mostra o momento que a profissional coloca dose da vacina na seringa e aplica no braço do idoso. Ao rever a imagem, porém, o neto descobriu que seu avô havia recebido apenas a metade da vacina.

Ele contou à Reportagem que pegou a seringa com o restante do imunizante e a inutilizou na presença da servidora, que ficou calada diante da reação.

O caso repercutiu nas redes sociais e, na tarde desta segunda-feira (3), a Secretaria de Saúde divulgou uma nota onde explica o caso.

Informa que abriu um Procedimento Administrativo para apurar a conduta da servidora que aparece no vídeo, diz que as imagens foram feitas na Unidade de Saúde da Família “Dilson Almeida” e declara que o idoso em questão, a partir de agora, será acompanhado por meio de exame sorológico para garantir a imunização completa, conforme protocolo do Ministério da Saúde.

A nota traz a informação de que aproximadamente 4.600 doses de vacina já foram aplicadas no município, “sem perda ou desvio”. A orientação dada aos profissionais de saúde é realizar a aplicação de 0,5ml, o que corresponde ao quantitativo total de uma dose da vacina, e que a imunização só é considerada completa após a aplicação da segunda dose.

Por fim, a secretaria orienta que qualquer situação considerada suspeita nas ações de imunização do município deve ser comunicada à Ouvidoria da SMS pelos telefones (94) 99119-4385 e (94) 99303-9294, no site http://www.jacunda.pa.gov.br/portal-da…/ouvidoria ou na sede da Secretaria, que fica na Rua 7 de Setembro, nº 40 – Centro”.

(Antonio Barroso)