Itonir Tavares é o vigésimo prefeito da história de Jacundá

De 29 de dezembro de 1961, quando o município foi oficialmente instalado, até 31 de dezembro de 2020, 19 gestores exerceram o cargo de maior autoridade municipal

Continua depois da publicidade

Inácio Pinto da Silva foi o primeiro prefeito eleito pelo município de Jacundá, empossado em 1º de janeiro de 1962. Em 2020, a população jacundaense elegeu o seu 20º governante municipal, Itonir Aparecido Tavares, com 14.231 votos.

Antes da instalação do município, em 29 de dezembro de 1961, Jacundá teve dois prefeitos nomeados pelo governo estadual – Inácio Pinto é, oficialmente, o primeiro prefeito eleito. Em seguida veio José Pontes, e no pleito seguinte, eleito novamente Inácio Pinto, que foi sucedido por José Vicente Soares, Evandro Alves e Bianor Paixão. Esse foi o responsável pela transição da sede municipal, localizada às margens do Rio Tocantins, para a Vila Arraias, como era conhecido o lugarejo construído nas margens da Rodovia PA-150. A mudança se fez necessária para abrigar o reservatório da Hidrelétrica Tucuruí.

Guilherme Mulato foi eleito prefeito na Nova Jacundá em 1982 e permaneceu no cargo por seis anos. Ele acabou sucedido por Olavo Corrêia, Antonio Padeiro e Levindo Emerique. E José Martins, que acabou prefeito após a cassação de Levindo. Antes, o interventor Guaraci Paranhos ficou na prefeitura no período de maio de 1999 a março do ano seguinte.

Adão Ribeiro, empossado prefeito em janeiro de 2001, permaneceu à frente do município por dois mandatos, sendo substituído por Izaldino Altoé, de 2009 a maio de 2016, quando Itonir, atual prefeito, assumiu a PMJ.

A dupla José Martins de Melo Filho e Ismael Gonçalves Barbosa, eleita em 2016, protagonizou a maior briga política da história do município. Antes de completar seis meses de governo, Zé Martins sofreu afastamento pela Câmara Municipal, e o vice-prefeito Ismael Barbosa assumiu. Por anos, os dois sentaram e levantaram da cadeira de prefeito mais de 14 vezes. E Ismael sofreu a maior derrota nas urnas em 2020.

Ao tornar-se o 20º prefeito municipal, Itonir Tavares assumiu o cargo ao lado do vice-prefeito Celso Marcos, o Chapolin, no dia 1º de janeiro, com a missão de tocar um projeto de desenvolvimento econômico, com investimento em Saúde, Educação e Infraestrutura. (Antonio Barroso)