Interventor da Coomigasp faz primeira visita oficial ao projeto da nova Serra Pelada

Marcos Alexandre Mendes foi acompanhado de promotores de justiça, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, uma comissão de técnicos contratados pela Coomigasp e garimpeiros. Serra Pelada, distrito de Curionópolis, …

Marcos Alexandre Mendes foi acompanhado de promotores de justiça, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, uma comissão de técnicos contratados pela Coomigasp e garimpeiros.

DSC_1340Serra Pelada, distrito de Curionópolis, no sudeste do Pará, recebeu na terça-feira, 12 de novembro, a visita do interventor da cooperativa dos garimpeiros daquele que já foi considerado o maior garimpo de ouro a céu aberto do mundo. Foi a primeira visita oficial de Marcos Alexandre Mendes desde que foi nomeado pela justiça interventor da Coomigasp no último dia 11 de outubro.

A ida até as instalações da mineradora Colossus, empresa canadense que vai explorar a mina de ouro agora de forma mecanizada, teve como principal objetivo apresentar à mineradora a equipe técnica contratada pela Coomigasp que a partir de agora acompanhará os trabalhos de implantação do projeto da nova Serra Pelada.

“O que o garimpeiro pode esperar é um trabalho sério e um trabalho transparente. Porque através dessa equipe nós vamos saber na íntegra o que está ocorrendo lá no projeto. Ou seja, nós vamos ter a informação lá de dentro por uma equipe qualificada, capacitada e séria,” destacou Marcos Alexandre Mendes.

A equipe técnica é formada pelo geólogo Dário Alves, pelo engenheiro de minas Marcos Carvalho e pelo gerente de produção Francisco Carlos Lima. “Essa transparência de informações, a partir dos nossos relatórios, naturalmente precisará ser maturada para que as informações ao longo desse tempo possam ser repassadas de forma que o garimpeiro consiga assimilar,” disse o gerente de produção Francisco Carlos.

“O que a gente espera agora é que essas equipes se juntem e montem um plano de trabalho para a troca de informação. Mostrar a transparência da empresa é um trabalho que a gente vê como muito importante, tanto para os garimpeiros quanto para a empresa,” também ressaltou Alexandre Cancian,  gerente de administração da SPCDM (Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral).

O interventor e a equipe foram recebidos pelo presidente da mineradora Colossus, David Anthony. O presidente iniciou o encontro falando do projeto da nova Serra Pelada que ainda está em fase de implantação. David Anthony foi muito convincente ao dizer que até o início do segundo semestre de 2014 a mina já estará produzindo.

Após as apresentações o grupo conheceu as instalações do projeto. De um mirante foi possível observar a grandiosidade do canteiro de obras e também tirar dúvidas de como será feito o beneficiamento do ouro quando a mina estiver produzindo.

Mas um dos momentos marcantes da visita foi a descida ao túnel que está sendo construído para a exploração do ouro. O túnel já está com cerca de 1.300 metros de extensão e a quase 170 metros de profundidade. Por ele será transportado todo o material retirado da mina subterrânea. O interventor, a equipe técnica, autoridades e garimpeiros tiveram a oportunidade de conhecer de perto como está sendo feito o trabalho para atingir a reserva mineral que ainda existe em Serra Pelada.

De acordo com o promotor de justiça do Ministério Público do Pará, Guilherme Chaves Coelho, ações como esta de visita às instalações da Colossus são de extrema importância para a transparência das atividades entre a mineradora e a Coomigasp. “É de fundamental importância para que todos os envolvidos da sociedade vejam como é feito o processo de produção, quais os objetivos a serem alcançados pela empresa e o mais importante, de que forma o resultado desse trabalho todo, desses anos de pesquisa, anos de investimentos, irão trazer á população”.

Quem também acompanhou a visita foi o presidente da OAB Subseção de Parauapebas, Jackson Souza. Para ele a decisão do interventor em promover essa visita é bastante positiva. “Até porque a Colossus pode fornecer informações, que dizem que são corretas, mas teremos aqui a equipe da Coomigasp para constatar essas informações para que os garimpeiros não tenham dúvidas de que está sendo feita a coisa certa”.

Para o interventor da Coomigasp a visita foi um sucesso e novas idas ao projeto devem acontecer. “O nosso objetivo é fazer um trabalho sério. Um trabalho transparente. Um trabalho profissional, para que o garimpeiro seja beneficiado após a intervenção ou no decorrer da intervenção, através do nosso formato de gestão profissional,” finalizou Marcos Alexandre Mendes.

Texto e foto: Ascom Coomigasp

4 comentários em “Interventor da Coomigasp faz primeira visita oficial ao projeto da nova Serra Pelada

  1. juracy calmon Responder

    Nunca vi no Brasil coisa táo imoral como a causa serra pelada, simplesmente porque diz respeito aos pobres.

  2. Benedilson sanches Responder

    Serra pelada,um cacho de banana que poucos macacos vão comer!Assim dizia Curió.Começa no planalto bancando suas campanhas,e termina no zoo de lobão,lobinho e lula e muito mais.

  3. Val-André Mutran Responder

    O Senhor Marcos Alexandre Mendes já explicou ao distinto público a relação de sua empresa com a Colossos?
    Ainda não?
    Porque se ainda não se explicou, esse cavalheiro de interventor não tem nada. Não passa de uma rapoza vigiando o galinheiro.
    – E galinheiros têm donos, concordam?

  4. Marly Responder

    Não sou garimpeira, mais isso é uma palhaçada, dizer que no segundo semestre estara produzindo, todo mundo ja sabe que já produz a muito tempo, os coitados dos garimpeiros nada recebem, só os grandes ganham com serra pelada.

Deixe seu comentário