Internet em domicílios continua a crescer no Brasil, diz Ibope

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Acesso em casa cresceu 1,4% em setembro

Das 70,9 milhões de pessoas que têm acesso à internet em casa ou no trabalho, 50,9 milhões foram usuárias ativas em setembro. Esse montante indicou uma oscilação positiva de 0,3% sobre agosto e de 10% sobre os 46,3 milhões registrados no mesmo período do ano passado. 

Quando considerados todos os ambientes (domicílios, trabalho, escolas, lan houses e outros locais), 83,4 milhões de pessoas acessaram a internet no segundo trimestre de 2012.

Acesso em domicílios

“O consumo de internet no Brasil vem aumentando principalmente nas residências”, informou o analista José Calazans, do IBOPE Nielsen Online. Do total de 67,8 milhões de pessoas com acesso em casa, 42,1 milhões foram usuários ativos em setembro. Esse resultado representou aumento de 1,4% na comparação com o mês anterior e de 11% em relação aos 37,9 milhões de setembro de 2011.

Segundo o analista, nos últimos anos, a evolução do uso da internet em domicílios no Brasil pode ser dividida em três fases. Até o fim de 2003, havia uma concentração de uso por pessoas com mais renda. Em 2004, a internet domiciliar continuava restrita às classes A e B, mas o número de usuários mensais superou os 10 milhões com o surgimento dos sites sociais. 

Foi nessa época que uma massa de brasileiros, atraídos por esses meios de interação social na web, começou a frequentar lan houses. A partir de 2007, com o aumento da renda, esses brasileiros passaram a adquirir computadores. “E uma quarta fase pode estar começando agora, com o uso da internet e das redes sociais por meio de tablets e smartphones”, apontou o analista José Calazans.

Fonte ADNews

Publicidade

Posts relacionados