Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

IFPA deve iniciar atividades em Canaã dos Carajás já no início de outubro

Nesta primeira etapa, 40 vagas serão ofertadas para a pós-graduação em docência. O polo que será instalado em Canaã vai atender a demanda por educação profissional e tecnológica.

A cerimônia de assinatura do convênio, firmado entre a prefeitura e o Instituto Federal do Pará (IFPA), aconteceu na manhã desta quinta-feira (20), na própria sede da instituição, localizada no município de Parauapebas. O sonho de cursar a pós-graduação em docência está mais próximo do que nunca de se tornar realidade para os moradores de Canaã dos Carajás, uma vez que o documento representa um acordo de cooperação técnica. As aulas estão previstas para iniciar já no início do mês de outubro e, segundo Rubens Rodrigues, diretor do Instituto em Parauapebas, em princípio serão ofertadas 40 vagas.

Para 2019, os cursos serão disponibilizados de acordo o perfil da região. “Nesse primeiro momento, vamos ofertar essas vagas para a pós-graduação. No ano que vem, vamos levar cursos de acordo com o perfil da região, mecânica, automação, os mesmos que são oferecidos aqui em Parauapebas”.

Otimista, o prefeito Jeová Andrade adiantou que, além do IFPA, também já está fazendo investidas para a instalação de outras instituições de ensino superior no município. “Essa é a porta de entrada para o nosso tão sonhado Polo Universitário. Eu acredito que, através dessa parceria, teremos muitos frutos e, em breve, vamos ter ainda mais instituições na cidade. Vale lembrar que já estamos adiantados em relação à ida da Unifesspa para Canaã. Ou seja, nós estamos trabalhando para suprir a demanda por educação superior no município. Queremos ser referência. Nossa cidade é muito bem localizada, visto que em um raio de 100 quilômetros temos várias cidades importantes. Poderemos atender não só os cidadãos de Canaã, como o de várias outras cidades”, destacou.

Veja também:  Tomate e cebola são vilões da inflação em Marabá

Também presente, o secretário municipal de educação, Edilson Valadares, falou que o objetivo é levar o ensino superior até os canaenses. “Esse é o primeiro passo. Nós temos hoje mais de 500 alunos que vêm de Canaã por meio de transporte oferecido pela prefeitura e o nosso objetivo é levar o curso até os estudantes e não o contrário. Então, esse é um começo e já teremos, muito em breve, alunos atendidos pelo IFPA. Isso é fundamental para todos nós.”

Deixe uma resposta