Homem executado a bala quando ia comprar alimento para o filho

A bruxa parece estar solta esta semana. André Maciel é a terceira vítima de assassinato em menos de 72 horas no município
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Quando caminhava pela Rua Rio de Janeiro, no Bairro Rio Verde, por volta das 21h de ontem, terça-feira (9), André Cunha Maciel, 30 anos de idade, natural de Santarém (PA), foi executado com quatro tiros, dois nas costas e um no peito. Ele foi surpreendido entra as avenidas Castelo Branco e Brasil, por dois indivíduos em uma moto, cujo passageiro da garupa o baleou.

André havia saído de casa, na Avenida Brasil, e se dirigia a um comércio a fim de comprar alimento para o filho pequeno, quando foi assassinado. Atingido pelos disparos, ele ainda tentou fugir da morte e correu por cerca de 50 metros, mas, não resistiu e caiu no meio da pista, onde agonizou e morreu. Testemunhas do crime afirmam ter ouvido cinco estampidos.

A Polícia Civil foi imediatamente comunicada e esteve no local para os primeiros levantamentos, assim como o IML, que removeu o corpo de André Cunha Maciel para necropsia. Ele é a terceira vítima de assassinato esta semana em Parauapebas.

Na madrugada de domingo (7), foram assassinados, a facadas, Ernandes Nasaré Silva, 47, na Vila Palmares II; e Gabriel Medeiros Sacramento, 20, no Bairro dos Minérios.

(Caetano Silva)  

Publicidade