Homem é acusado de violência doméstica e tráfico, mas foge antes da chegada da PM

Na fuga, depois de agredir a companheira de outras duas mulheres e ameaçá-las de morte, ele ainda levou uma menina de 10 anos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma guarnição da Polícia Militar recebeu, na tarde de ontem, terça-feira (7), a informação de que, na Rua Surubim, Vila Palmares II, Jackson Douglas dos Santos, 37 anos, estava cometendo violência doméstica contra três mulheres, uma delas companheira dele, além de ameaça-las de morte. Quando os policiais chegaram ao local, ele já havia fugido, levando a filha de 10 anos, sem o consentimento da mãe.

Na casa do casal, a guarnição tomou conhecimento de que Jackson dos Santos seria traficante de drogas, o que foi confirmado pela mulher dele, que, inclusive mostrou uma sacola onde ele guardava as drogas e onde estava guardado um tablete de maconha prensada pesando 232 gramas.

Os policiais ainda fizeram buscas no local de trabalho do homem e em outros lugares em que ele poderia ser encontrado, mas não o localizaram assim como não acharam a criança. 

 Em seguida as vítimas, que afirmaram terem sido agredidas e ameaça pelo acusado, e a droga foram levadas até a   20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

(Caetano Silva)