Águia vira para cima do Botafogo na Paraíba e conquista a primeira vitória na Série C

Por Fábio Relvas Finalmente o Águia de Marabá venceu a primeira partida no Campeonato Brasileiro da Série C. O triunfo veio pela 14ª rodada do Grupo A, diante do Botafogo-PB, …

Por Fábio Relvas

Finalmente o Águia de Marabá venceu a primeira partida no Campeonato Brasileiro da Série C. O triunfo veio pela 14ª rodada do Grupo A, diante do Botafogo-PB, na noite deste domingo  (30), no estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba. O Azulão venceu de virada, por 2 a 1, com gols de Danúbio e Flamel, enquanto que Rone Dias assinalou para o Belo. Com o resultado, o time paraense deixou a lanterna e agora assumiu a nona posição com nove pontos. O primeiro time fora da zona do rebaixamento é o Cuiabá-MT, que é o oitavo com 14 pontos.

A partida: Águia venceu a primeira

Jogando dentro de casa, o Botafogo tentou impor seu ritmo de jogo contra o lanterna da Série C. Doda cobrou falta direto para o gol, o goleiro Maycki Douglas espalmou para escanteio. Só que os donos da casa perderam o meia Samuel logo aos 15 minutos. O atleta sentiu a coxa e pediu substituição. Em seu lugar o treinador Ramiro Souza optou por Rone Dias. O Botafogo tentou puxar contra-ataque, mas o meia Flamel travou com falta e recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo para o Águia. Mais uma vez o time paraibano chegou com Doda, que cruzou da linha de fundo para Beto, a zaga do Azulão se antecipou na jogada e fez o corte mandando para escanteio, quase o primeiro gol da partida. No segundo tempo o time da casa continuou tentando e o Águia se defendendo.  O zagueiro Negretti acertou João Paulo em uma disputa de bola por cima e recebeu cartão amarelo. Para piorar, o jogador do time paraense estava pendurado e desfalcará a equipe na próxima partida.

jogo_botafogo_x__guia__pag.capa_cad.caderno_1_kleide_teixeira_386256_1O Águia quase abriu o placar em uma falta cobrada na área, Genivaldo saiu mal do gol e Fred cabeceou firme, a bola bateu no goleiro e a zaga afastou o perigo. Minutos depois, Daniel Santos recebeu na entrada da área, mas levou a bola com a mão. Na sequência do lance, passou pelo goleiro Genivaldo e mandou para o fundo do gol. A arbitragem anulou a jogada e mostrou cartão amarelo para o atleta do Azulão. 

O Belo, como é chamado o Botafogo da Paraíba, foi para o ataque com Jean Cléber, que arriscou de fora da área e o jogador Esdras do Águia se atirou com a mão contra a bola. Pênalti marcado no estádio Almeidão e cartão amarelo para o atleta do time paraense. O lateral esquerdo Ednaldo do Águia reclamou muito com árbitro mineiro Renato Cardoso da Conceição e também recebeu cartão amarelo. Rone Dias cobrou no meio do gol e venceu o goleiro Maycki Douglas, 1 a 0 Botafogo, aos 22 minutos.  Só que após o gol sofrido, o Águia foi para cima e virou a partida. Em uma lambança total da zaga do Belo, Walter tentou cortar a bola e chutou contra Wesley, Danúbio pegou a sobra e chutou no cantinho da meta de Genivaldo, aos 33 minutos, tudo igual: 1 a 1. No lance seguinte, Daniel Santos entrou livre na área e foi derrubado por Genivaldo, pênalti marcado e cartão amarelo para o goleiro do Botafogo. Flamel cobrou com muita categoria, descolando o goleiro adversário e correndo para o abraço, 2 a 1 Águia de virada, aos 37 minutos.

O Botafogo foi para o desespero, já que precisava da vitória para colar no G4. O Águia se defendeu como pôde nos minutos finais. Flamel cometeu falta em Jean Cléber e recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente o cartão vermelho, deixando o time paraense com um a menos. Mas não teve jeito e finalmente o Azulão conquistou sua primeira vitória na Série C. Placar final: Botafogo: 1 x 2 Águia.

FICHA TÉCNICA

  • BOTAFOGO: Genivaldo; Eduardo Recife (Gustavo), Walter, Wesley e Airton; Zaquel, Jean Cléber, Doda e Samuel (Rone Dias); Beto e João Paulo (Jó Boy). Técnico: Ramiro Souza
  • ÁGUIA: Maycki Douglas; Ari, Negretti, Bernardo e Edinaldo (Danúbio); Fred, Esdras, Geovane e Flamel; Daniel Santos e Júnior Timbó (Charles). Técnico: João Galvão

Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)

Assistentes: Jucimar dos Santos Dias (BA) e José Maria de Lucena Netto (PB)

Cartões amarelos: Walter e Genivaldo (Botafogo); Flamel, Negretti ,Daniel Santos, Esdras e Edinaldo (Águia)

Cartão vermelho: Flamel (Águia)

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba

Deixe seu comentário