Águia de Marabá perde para o Vila Nova e se aproxima do rebaixamento para a Série D

Por Fábio Relvas –  Da Redação Segundo os matemáticos que analisam todas as séries do Campeonato Brasileiro, o Águia de Marabá está com 97.7% de probabilidade de cair para a …

Por Fábio Relvas –  Da Redação

Segundo os matemáticos que analisam todas as séries do Campeonato Brasileiro, o Águia de Marabá está com 97.7% de probabilidade de cair para a Série D. A situação se agravou ainda mais devido a derrota do Azulão para o Vila Nova-GO, por 1 a 0, no último sábado (15), no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O gol único da partida foi marcado pelo atacante Frontini, ex-Clube do Remo, que fez logo aos oito minutos da primeira etapa. O jogo foi realizado pela 12ª rodada do Grupo A da competição. O time paraense é o lanterna com apenas seis pontos e continuar sem vencer na Série C.

O jogo: Águia segue na lanterna

O Vila Nova, dona da casa, não perdeu tempo e foi logo abrindo o placar no Serra Dourada. Após cobrança de escanteio, o atacante Frontini, ex-Remo, aproveitou o desvio da zaga depois do chute de Robston e mandou para o fundo do gol, logo aos oito minutos de jogo, 1 a 0 Tigre. A alegria do jogador durou pouco, aos 33 minutos o atacante pediu para sair devido a uma lesão na panturrilha.

Vila Nova x Águia

No segundo tempo o time goiano continuou tentando. Zotti desviou de cabeça para a chegada de Moisés, que tentou por cobertura e quase marcou um golaço. Pressão do Tigre. Em mais um escanteio, Moisés não conseguiu dominar e a bola sobrou para Ermínio que disparou, mas a zaga conseguiu desviar. Marcelo cobrou uma falta com perigo e a bola explodiu na trave do goleiro Marcelo Marabá. A torcida do Vila Nova incentivava o time quando Marinho Donizete mandou um chutaço de fora da área e a bola passou perto da meta do time paraense. Já nos acréscimos, o Azulão quase calou a torcida do Tigre, depois que Lineker arriscou de longe e a bola assustou o goleiro Edson. Placar final: Vila Nova 1 x 0 Águia.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Edson; Marcelo, Vinicius Simon, Vitor e Marinho Donizete; Francesco, Robston (Zotti), Ramires e Sandrinho (Ermínio); Moisés e Frontini (Arthur). Técnico: Márcio Fernandes

ÁGUIA: Marcelo Marabá; Daelson (Danúbio), Negretti, Charles e Edinaldo; Mael, Esdras (Eduardo Sena), Flamel (Lineker) e Júnior Timbó; Geovane e Daniel Santos. Técnico: João Galvão

Árbitro: Fabio Filipus (PR)

Assistentes: Lucas Costa Modesto (DF) e Tiago Gomes da Silva (GO)

Cartões amarelos: Marcelo, Robston, Vitor e Moisés (Vila Nova); Edinaldo e Negretti (Águia)

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia

Renda: R$ 148.555,00 – Pagantes: 28.031

Deixe seu comentário