Águia de Marabá empata dentro de casa, segue sem vencer na Série C e cai para o Z-2 da competição

Por Fábio Relvas O Águia de Marabá segue sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série C. O Azulão ficou apenas no empate, em 2 a 2, diante do Botafogo-PB, na …

Por Fábio Relvas

O Águia de Marabá segue sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série C. O Azulão ficou apenas no empate, em 2 a 2, diante do Botafogo-PB, na tarde deste domingo (28), no estádio Zinho Oliveira. O empate deixou o Águia na zona de rebaixamento com apenas quatro pontos, em cinco jogos, ocupando a nona posição e entrando no Z-2. Marcaram para o time paraense, Ari e Flamel, enquanto que Nata e Doda assinalaram para os paraibanos.

O jogo: Águia na zona

Apesar de jogar fora de casa, o Botafogo não tomou conhecimento do adversário e marcou o primeiro logo aos 40 segundos de bola rolando. Nata aproveitou o vacilo da zaga e marcou o primeiro do Belo (como é conhecido o time paraibano), 1 a 0. O Águia foi para cima e deixou tudo igual com o lateral direito Ari, aos nove minutos, 1 a 1. Dois gols em menos de 10 minutos de jogo.

A pequena torcida do Azulão que foi ao estádio Zinho Oliveira empurrou o Águia em busca da virada e ela veio quando o zagueiro André Lima caiu sozinho dentro da área e meteu a mão na bola, pênalti! Flamel cobrou com muita categoria deslocando o goleiro, 2 a 1, aos 23 minutos. Só que o Belo não deixou o Águia respirar e foi para o ataque minutos depois. Doda em jogada individual bateu com estilo vencendo o goleiro Paulo Rafael, tudo igual outra vez, 2 a 2, aos 27 minutos.

O jogo literalmente pegou fogo e o Botafogo aproveitou o momento e quase virou na boa jogada de João Paulo, que bateu firme para a bonita defesa de Paulo Rafael. Com um primeiro tempo bastante movimentado o empate em 2 a 2 foi justo pelo o que os times fizeram dentro de campo.

Na etapa derradeira, os times pouco arriscaram. Com poucas chances de gol e muitos erros, o placar permaneceu mesmo empatado. “Nós temos que vencer os jogos dentro de casa, não tem mais desculpa. Chegamos a virar o jogo, mas erramos novamente e deixamos o adversário marcar. Agora é trabalhar e encarar o ASA-AL mais uma vez no Zinho Oliveira”, afirmou João Galvão, técnico do Águia de Marabá.

FICHA TÉCNICA

Águia: Paulo Rafael; Fred, Bernardo e Negretti (Júnior Timbó); Ari, Mael, Esdras (Geovani), Flamel e Edinaldo (Wando); Lauro César e Lineker. Técnico: João Galvão

Botafogo: Edson; Gustavo, Walter (Fabrício), André Lima e Cazumba; Zaquel, Nata, Hércules e Doda; João Paulo (André Cassaco) e Reginaldo Júnior (Jó Boy). Técnico: Roberto Fonseca

Árbitro: Edmar Campos Encarnação – AM

Assistentes: Antônio Fernando de Sousa Santos – MA e Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos – PA

Cartões amarelos: Fred, Esdras e Lauro César (Águia); André Lima, Hércules e Doda (Botafogo)

Local: Estádio Zinho Oliveira, em Marabá

Renda: R$ 9.500,00 – Pagantes: 487 – Não pagantes: 170 – Total: 657

>

Deixe seu comentário