Pará

Goianésia do Pará apresenta Projeto de Manejo Florestal ao Estado

Iniciativa tem potencial para gerar cerca de 3 mil empregos diretos, segundo políticos e empresários, que conversaram com secretários estaduais sobre a proposta

Uma comitiva do município de Goianésia do Pará, formada por políticos e empresários, apresentou nesta semana um audacioso projeto voltado à exploração florestal sustentável. A iniciativa foi levada ao Governo do Estado e prevê a geração de milhares de postos de trabalhos na região sudeste do Pará.

Participaram da comitiva o prefeito Ribamar Lima; o presidente da Câmara, vereador Pastor Davi; o assessor Joel Martins; e diretores do Grupo Cikel. A comitiva se reuniu com os secretários estaduais de Meio Ambiente, Mauro Ó de Almeida, e de Indústria, Comércio e Mineração, Iran Lima, e com o coordenador do Núcleo de Relações com os Municípios e Entidades de Classe (Casa Civil), Josenir Nascimento, para tratar do desenvolvimento do Projeto de Manejo Florestal Sustentável.

Segundo Manoel Pereira Dias, sócio-diretor da Cikel, o projeto tem potencial para gerar mais de 3 mil empregos diretos na região. “O município de Goianésia do Pará será o maior beneficiado com a geração de novos postos de emprego”, calcula o empresário.

Estimativas do grupo Cikel apontam que mais de 27 empresas do setor de beneficiamento de recursos florestais voltarão a funcionar e, consequentemente, gerar postos de trabalho no município. João Pereira Dias, também um dos diretores da empresa, agradeceu o empenho para a implantação do projeto, mas sem especificar a sua implantação e execução.

O secretário Iran Lima se mostrou empolgado com possibilidade desse novo ciclo econômico para o sul e sudeste do Pará, e garantiu total apoio do Estado para a realização deste grande empreendimento. Na opinião do prefeito Ribamar, a geração de emprego e renda no município, a partir da exploração sustentável dos recursos florestais, vai trazer mais desenvolvimento para a região. “Estamos no caminho certo para enfrentar a crise do desemprego”, prevê, em tom otimista, o gestor municipal.

Deixe seu comentário