Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esportes

FPF confirma 14 times na disputa do Campeonato Paraense da segunda divisão

A novidade da Segundinha é o Clube Atlético Paraense da cidade de Parauapebas

A Federação Paraense de Futebol (FPF) estabeleceu o prazo até nesta terça-feira (31), para que os clubes pudessem se regularizar para a disputa do Campeonato Paraense da segunda divisão, a chamada Segundinha do Parazão. A previsão do início da competição estadual é para o dia 23 de setembro e segundo a instituição, 14 equipes estão aptas para a disputa que garante duas vagas na elite do futebol do Pará.

A grande novidade da Segundinha é o Clube Atlético Paraense da cidade de Parauapebas, sudeste do Pará, que vai brigar pelo acesso juntamente com: Carajás, Gavião Kyikatejê, Izabelense, Paraense, Pinheirense, Santa Rosa, São Francisco, Sport Belém, Tapajós, Tiradentes, Tuna Luso, Vênus e Vila Rica. A equipe do União Paraense do município de Benevides, que chegou a participar da primeira reunião sobre a Segundinha, acabou ficando de fora.

Até o momento, o Clube Atlético Paraense tem uma pequena pendência na FPF, mas teve sua inscrição confirmada. O presidente do clube de Parauapebas, Rafael Lopes, ainda não revelou nomes de técnico e jogadores para a disputa da Segundinha. Como é uma competição oficial que vale acesso, a FPF vai exigir que todos os jogadores das equipes tenham o nome no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Veja também:  Com gol de Elielton, São Francisco vence o Atlético pelo jogo de ida das quartas de final

“Como a federação vem adotando nos últimos anos, os jogadores têm que estar registrados, assim como seus contratos na CBF e constarem no BID para poder participar do jogo. A FPF exige a documentão completa como pagamento de taxas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a chamada licença, da Federação Paraense de Futebol, e ainda a regularização do CNPJ do clube”, afirmou Juarez Scotta, diretor de registros da FPF.

A proposta de Paulo Romano, diretor de competições da FPF, de limitar apenas cinco jogadores por partida com idade superior a 23 anos, foi aceita pelos clubes e a forma de disputa deverá seguir como a dos anos anteriores, dividindo as equipes em grupos e avançando os dois primeiros para a fase de mata-mata. Na sexta-feira (10), os clubes participarão de uma reunião com a FPF para definir a tabela de jogos e os grupos.

Por Fábio Relvas
Foto: Daniel Costa / Diário do Pará

Deixe uma resposta