Notícias

Filme alemão gravado no Pará mostra belezas da Amazônia

O Governo do Pará, a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e a Secretaria de Estado de Turismo estão apoiando uma iniciativa do canal de TV alemão ZDF, que escolheu o …

O Governo do Pará, a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e a Secretaria de Estado de Turismo estão apoiando uma iniciativa do canal de TV alemão ZDF, que escolheu o estado para iniciar uma série de filmes com histórias de pessoas que se passam nos mais importantes rios do mundo. O primeiro filme, que já está sendo rodado no Pará, chama-se “Verloren im Amazon” (Perdidos na Amazônia), tendo Belém, a ilha do Combu e São Caetano de Odivelas como parte das locações. O filme deve alcançar de 8 a 10 milhões de expectadores na Europa, dando bastante visibilidade ao estado.

A produção no Brasil é coordenada pela empresa Optomagic. Comanda essa produção Martina Engel, filha do cineasta e escritor Otto Engel. As visitas de sondagem e as primeiras negociações começaram há alguns meses, com representantes da equipe que foram ao estado para a escolha de locações e viabilização de parcerias para as gravações. Martin Lehwald é um dos produtores alemães que visitou o Pará pelo menos quatro vezes antes de decidir que aqui seria o melhor lugar para desenvolver o longa metragem, principalmente após o apoio recebido da equipe de marketing da Paratur.

“Nossa missão de promover o Turismo do Pará ao Brasil e ao exterior nos permitiu avaliar que um filme que tem o Pará, que divulgamos como a obra prima da Amazônia, como cenário, e que será visto por cerca de dez milhões de expectadores na Europa, em especial na Alemanha, sem dúvida vai contribuir com nosso trabalho”, diz Socorro Costa, presidente da Paratur, que tem coordenado pessoalmente sua equipe de marketing nas articulações institucionais de apoio ao filme. Ela lembra que a meta do Governo do Estado é tornar o Pará destino turístico líder da Amazônia e que estratégias como essa são muito eficazes.

O filme – A primeira etapa da produção do filme teve início durante a realização do Círio de Nazaré, quando foram gravadas as imagens iniciais do longa, que conta com a direção do diretor italiano Carlo Rola. De acordo com a sinopse do filme, após a queda de um avião em plena floresta amazônica, o marido viaja de Berlim até Belém para procurar a esposa e sem obter sucesso na busca acaba retornando ao seu país. Quatro anos depois, durante o Círio de Nazaré, o piloto que o ajudara nas buscas, consegue encontrar a esposa desaparecida do amigo e o informa sobre o fato. Ao chegar em Belém, ele descobre que a mulher perdera a memória e agora estaria morando em uma pousada desde que foi encontrada perdida na floresta. Ela segue uma vida já bastante diferente da que levava antes do acidente, em um romance com um policial federal filho da mulher que a havia encontrado e dona da pousada. Como não se lembra do marido, o encontro entre os dois não foi nada amistoso e o marido tenta fazer com que ela recorde da vida na Alemanha. E justamente essa tentativa de retomar as lembranças norteia boa parte da trama, fazendo com que eles vivam momentos muito intensos, inclusive chegando a se perderem na floresta, de onde vem o nome do filme.

As gravações na ilha do Combu e no Furo do Maracujá, região insular da capital paraense, seguem até o final desta semana. Nas próximas etapas serão rodadas cenas nos complexos do Ver-o-Peso e Feliz Lusitânia, Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves e também no município de São Caetano de Odivelas.

Uma grande equipe com mais de 30 profissionais alemães e um grande time de paraenses, entre equipe técnica, de apoio, produtores e atores está envolvida nos trabalhos. No Pará, a equipe conta com o importante suporte do Batalhão de Polícia Fluvial, da Companhia Independente de Polícia Turística (CIPTUR), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Secretarias Estadual e Municipal de Meio Ambiente, Ctbel, Guarda Municipal, secretaria Municipal de Economia, Prefeitura de São Caetano de Odivelas, entre outros.

Paratur e Setur vêm acompanhando a equipe desde as primeiras articulações, oferecendo todo o suporte necessário para que os trabalhos sejam encaminhados. O apoio ao filme faz parte de estratégias de divulgação e promoção do destino turístico Pará, a obra-prima da Amazônia, desenvolvida desde 2004 pela Gerência de Comunicação da Paratur, através do programa de Press Trip, que para ser viabilizado conta com diversos parceiros pertencentes ao trade paraense, ressaltando que o fortalecimento, desenvolvimento, promoção e divulgação do turismo do Pará é uma das metas prioritárias do Governador Simão Jatene, visando geração de emprego, renda e qualidade de vida à população do estado e dos que o escolhem como destino turístico.

Fonte: Mercado e Eventos

Deixe seu comentário