Faltam vacinas contra Covid-19 em Canaã dos Carajás

Moradores que buscaram pela aplicação da segunda dose da Pfizer reclamam da dificuldade em completar o esquema vacinal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Quem procurou nos últimos dias as unidades de saúde de Canaã dos Carajás para receber a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19, voltou para casa indignado. O imunizante da Pfizer está em falta na cidade.

A autônoma Maria Paiva conta que foi com os filhos, de 16 e 19 anos, até a Escola Municipal Tancredo Neves, na região central da cidade, para vaciná-los contra a covid-19. A unidade escolar também tem sido usada como local de vacinação. “Quando cheguei lá, meus filhos não conseguiram tomar porque me informaram que a vacina está em falta,” lamentou.

Dona Elizabete Ribeiro também ficou indignada após procurar pela dose de reforço numa unidade de saúde perto de sua casa e receber a informação de que estava faltando vacina em Canaã.

A falta da Pfizer dificulta o avanço da cobertura vacinal no município, que tem registrado uma baixa adesão na aplicação da segunda dose desde o início da campanha. De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde, até o dia 9 de dezembro, das 48.722 pessoas que se imunizaram com a primeira dose, apenas 28.760 retornaram às unidades de saúde para receber a segunda aplicação. O cenário é ainda pior quando se trata das doses de reforço: apenas 602 pessoas receberam a terceira aplicação.

Sem previsão

A Prefeitura de Canaã confirmou que está sem o estoque da Pfizer, mas que aguarda a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) receber as doses do governo federal para fazer o repasse das vacinas ao município.

A Secretaria Municipal de Saúde não tem previsão de quando as unidades de saúde serão reabastecidas, mas ressaltou que fez várias comunicações à Sespa, com a expectativa de receber uma atualização positiva.

A Reportagem do Blog Zé Dudu entrou em contato com a assessoria de imprensa da Sespa para comentar a falta da Pfizer em Canaã, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta.

Por Dayse Gomes