Ex-vereador de Jacundá morre de infarto aos 79 anos de idade

Conhecido como Raimundão, ele era um dos um dos pioneiros do município, onde exerceu mandato de vereador no início da década de 1990
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Aos 79 anos de idade, morre no final da manhã desta terça-feira (11), Raimundo Rodrigues dos Santos, ex-vereador da Câmara Municipal de Jacundá. Ele estava internado desde a semana passada no Hospital Municipal de Marabá e não conseguiu sobreviver a problemas cardíacos que vinha enfrentando.

Raimundão, como era conhecido na cidade de Jacundá, era casado com a professora Maria Doralice Nunes dos Santos. Um dos pioneiros do município, ele exerceu o cargo de vereador no início da década de 1990. Em conversa com a Reportagem, Aléia Rodrigues, uma das filhas do ex-vereador, contou que, desde a semana passada, ele começou a sentir problemas no coração.

Foi internado inicialmente ao Hospital Municipal local e, posteriormente, transferido ao Hospital Municipal de Marabá. Raimundão já havia sido imunizado com as duas doses da vacina contra covid-19.

O ex-vereador chegou a Jacundá em meados da década de 1970, pelas mãos do comerciante João Martins Craveiro, conhecido como João Grande. Tornou-se responsável pelos castanhais de propriedade de João no município, onde fixou morada, conforme escreveu Loeze Nunes, diretor do Museu de Jacundá.

Ainda segundo Nunes, Raimundão constituiu família e contribuiu arduamente para a formação política e social do município, tendo sido um dos expropriados da antiga Jacundá. Foi eleito vereador em 1992, já na nova sede da cidade, na antiga comunidade Arraias.

“O Museu e Biblioteca Inácio Pinto Vive se solidariza com familiares e amigos e reafirma seu compromisso com a memória do povo de Jacundá, assegurando que figuras como a do notável munícipe Raimundão jamais sejam esquecidas nos anais da história jacundaense”, encerrou Loeze Nunes a homenagem.

O prefeito de Jacundá, Itonir Tavares (PL), e o presidente da Câmara de Municipal, Tcharllys Borges (PL), também divulgaram nota de pesar.

O velório acontece na Igreja Católica Perpétuo do Socorro. O cortejo fúnebre será amanhã, quarta-feira (12), por volta de 9h.

(Antonio Barroso)

Publicidade

Posts relacionados