ETE’s têm atenção do governo em Parauapebas

Continua depois da publicidade

Por Francesco Costa – Da Redação

“Recuperar esgoto não é barato”, conforme avaliou o diretor operacional do SAAEP, Sergio Ferreira Barbosa Neto, o popular “Sergel”, mensurando que, dos gastos com saneamento, 80% representa o esgoto e apenas o restante é com captação, tratamento e distribuição de água; motivo que ele apresenta como alegação para a eficiência no tratamento de esgoto.

ete

Parauapebas conta atualmente com quatro ETE’s (Estações de Tratamento de Esgotos), nos bairros Primavera, Rio Verde e União, atendendo juntas menos de 10% da população.

No último bairro citado existem duas, nas ruas 10 e 16. A segunda está sendo lentamente desativada já que o SAAEP vem recebendo muitas reclamações dos moradores nas proximidades. O material será retirado através de elevatória e bombeado para uma ETE no bairro Rio Verde. O local, segundo projeto do SAAEP, será revitalizado e receberá Aeradores e quando terminar a remoção de todo o matéria dará lugar a outra obra pública.

“Estamos repotenciando com energia elétrica todas as ETE’s para aumentar os aeradores e assim não mais incomodar aos moradores”, explicou o gestor do SAAEP, Gesmar Costa, apontando como outra ação do SAAEP a construção de uma ETE no bairro Tropical, que terá capacidade para 45 mil habitantes, atendendo todo o Complexo Altamira com previsão para ser inaugurada no meado deste semestre deste ano.

%d blogueiros gostam disto: