Emprego na construção civil paraense cresce cerca de 20% em 10 meses

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O emprego formal na construção civil paraense cresceu cerca de 20% de janeiro a outubro deste ano. Isso representa um saldo positivo de aproximadamente 16 mil novos postos de trabalho, o maior crescimento entre todos os estados da região Norte.

Os dados da pesquisa foram divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Dieese no Pará (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

De acordo com o estudo do Dieese, baseado em dados do Ministério do Trabalho, somente em outubro deste ano, o setor apresentou saldo positivo de empregos formais com 6.698 admissões contra 4.425 desligamentos, gerando um saldo positivo de 2.273 postos de trabalho.

Em relação aos outros estados do Norte, somente o Amazonas apresentou crescimento no emprego, com 255 postos. Rondônia, Acre, Tocantins e Amapá apresentaram saldo negativo. Em toda região Norte, de janeiro a outubro, foram feitas 13.275 admissões contra 14.563 desligamentos, o que gerou 1.288 postos de trabalho e decréscimo de 0,62%.

A pesquisa mostrou que de a janeiro e outubro, o Pará gerou saldo positivo de empregos formais com crescimento de mais de 20% na construção civil. Foram realizadas 73.882 admissões contra 57.924 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 15.958 novos postos de trabalho.

No mesmo período do ano ano passado, foram feitas 65.927 admissões e 50.349 desligamentos, tendo como saldo 15.578 vagas. O estudo revelou ainda um crescimento de 14,22% no número de empregos gerados em toda região Norte.

Fonte:  Portal ORM