Emoção e adrenalina marcaram a 1ª Etapa do Campeonato Paraense de Enduro Regularidade

Pilotos de vários municípios do Pará participaram do evento realizado na cidade de Castanhal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A primeira etapa do Campeonato Paraense de Enduro de Regularidade reuniu pilotos em provas repletas de adrenalina e exigência de preparo físico capazes de tirar o fôlego. O evento foi na manhã e tarde do último domingo, 21, em Castanhal.

Ao todo, 44 pilotos de vários municípios do Pará, como Marabá, Brasil Novo, Bragança, Capanema, Tomé Açu, Capitão Poço, Ananindeua e Belém se aventuram nas trilhas do esporte radical. Esforços, disciplina e foco foram necessários para concluir o trajeto cheio de obstáculos. Por questões de segurança à saúde, pelo combate à pandemia do Covid-19, os neutros (pontos de apoio) ficaram bem distantes uns dos outros, o que fez os pilotos cansarem bastante, mas dosaram a velocidade para não levar tombo e prejudicar a prova como um todo.

Segundo Mauro Sergio Follmann, Hexa campeão da modalidade, que ficou em primeiro lugar na categoria Master, esse foi um dos melhores roteiros dos últimos anos, cheio de muita técnica. “A gente sempre vem tentando fazer o melhor e quando a gente vê que o nosso melhor foi o suficiente para levar o primeiro lugar, é sempre bom. Não importa a posição, se você sabe que deu o melhor que você pôde”, disse o piloto, que compete Enduro Regularidade desde 2009.

No enduro regularidade, o piloto compete contra si próprio, contra os próprios limites. Weligton Pedroso, que ficou em 1º lugar na categoria Sênior, parabenizou a organização da prova, que tomou todas as medidas de precaução para que o evento pudesse ser realizado e fez os pilotos suarem. “Foi muito difícil. Eu participo do Campeonato desde 2011 e, para mim, essa foi a prova mais difícil em termo de resistência, só perdendo para o Acará”, disse o piloto.

Na categoria Novatos, Tarcisio de Oliveira foi quem levou o troféu de primeiro lugar para casa. “Estou muito feliz, porque já venho batalhando há um tempão por um troféu, então tô feliz. Coloquei oração na prova e, graças a Deus, consegui um bom resultado”, afirmou, emocionado.

A próxima etapa será nos dias 10 e 11 de abril, em Capanema.

Por Rosiane Rodrigues / Fotos: Keila Sampaio

Publicidade

Posts relacionados