Marabá

Em Marabá, vila Santa Fé vai ganhar rede de água encanada da prefeitura

Saneamento básico é um dos maiores desafios do município, onde 56% da população urbana não são atendidos com serviço de água da rede geral, segundo SNIS.

Cerca de 700 famílias da vila Santa Fé, uma das mais populosas da zona rural de Marabá, devem ganhar água encanada antes do final do mandato do prefeito Tião Miranda. A administração do município iniciou uma licitação para contratação de empresa que realize o projeto hidráulico do sistema de abastecimento de água por R$ 36,6 mil. As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu, que leu as 43 páginas do edital do processo nesta terça-feira (16) disponível aqui.

De acordo com a prefeitura, o abastecimento da vila Santa Fé é uma das prioridades definidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). “A localidade não dispõe de sistema de abastecimento e as famílias se valem de poços rasos, com água sem tratamento adequado, bem como de poços furados individualmente pelos moradores para uso próprio”, argumenta o governo de Tião Miranda.

Assim que o projeto for licitado e ficar pronto, as obras devem começar e vão ser fiscalizadas pela Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (Sevop). Atualmente, o saneamento básico — tanto em localidades rurais quanto na própria sede municipal — é um dos maiores desafios de Marabá. De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), com dados referentes a 2017 (os mais atuais), 56% da população urbana de Marabá (216 mil habitantes) não têm acesso à água encanada.

Deixe seu comentário