Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

Com um golaço de Rafinha, Bragantino vence o ASA-AL e avança na Copa do Brasil

O Tubarão conquistou a vaga em sua primeira participação na competição nacional

O Bragantino Clube do Pará fez história em sua primeira participação na Copa do Brasil. Jogando na tarde desta quarta-feira (13), no Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, em Bragança, o Tubarão do Caeté bateu o ASA-AL, por 1 a 0, e avançou para a 2ª fase da competição nacional. O gol único e da classificação, saiu dos pés do meia Rafinha, que acertou um chutaço de fora da área, marcando um golaço, aos nove minutos do segundo tempo.

O time do Bragantino vai enfrentar a Aparecidense-GO, que venceu a Ponte Preta, por 1 a 0, na noite desta terça-feira (12), no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda vai definir a data do confronto entre paraenses e goianos. A partida será no Estádio Diogão, em Bragança.

O jogo: Bragantino 1 x 0 ASA – Tubarão do Caeté classificado!

A torcida do Bragantino lotou as dependências do Estádio Diogão para acompanhar o jogo inédito contra o ASA pela Copa do Brasil. O Tubarão não decepcionou e foi para cima do adversário. Na primeira investida do Braga, Esquerdinha tabelou e chutou forte, a bola passou longe, mas levantou a torcida. Quem deu susto mesmo, foi o meia Dakson que em um contra-ataque mandou um chute de primeira e quase abriu o marcador.

O Tubarão chegou com perigo em uma cobrança de falta na área, o atacante Fidélis tentou chegar, mas o goleiro Marcão (ex-Paysandu) foi mais rápido e fez a defesa. Outra bola alçada na área, a zaga alagoana bateu cabeça e Arian Taperaçu chutou para a grande defesa de Marcão, que mandou para escanteio. Na cobrança, o zagueiro Gabriel Gonçalves subiu firme e testou, a bola passou raspando o travessão.

O Bragantino insistia em jogar bola na área e em mais um levantamento, Romário meteu a cabeça e parou na defesa de Marcão e na sequência da jogada, a arbitragem assinalou impedimento. Logo no primeiro minuto do 2° tempo, o atacante Fidélis ficou cara a cara com goleiro Marcão, e acabou chutando para fora, para o desespero da torcida e do técnico Agnaldo de Jesus, o chamado Seu Boneco.

Veja também:  Clube do Remo perde para o Serra-ES e é eliminado ainda na 1ª fase da Copa do Brasil

O gol estava amadurecendo. O mesmo Fidélis conseguiu achar uma brecha e disparou um chute venenoso, a bola passou assustando o goleiro Marcão. No lance seguinte, não teve jeito. O meia Rafinha roubou a bola do adversário e experimentou um chutaço de longe, um golaço, aos nove minutos, 1 a 0 Bragantino para a festa do torcedor de Bragança. O ASA teve que sair para o jogo. Em um bate rebate na área, o goleiro Axel acabou fazendo uma grande defesa e salvou o time da casa.

Dois jogadores do Bragantino bateram boca, Ricardo Capanema e Esquerdinha, sendo que o árbitro acabou mostrando cartão amarelo para Esquerdinha. O Fantasma começou a reagir em busca do empate. Aos 48 minutos em uma bola na área, o atacante Ciel sozinho com o goleiro Axel, cabeceou para fora. Placar final: Bragantino 1 x 0 ASA. O time paraense avançou na Copa do Brasil e vai receber uma cota de R$ 625 mil.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO: Axel; Bruno Limão, Romário, Gabriel Gonçalves e Esquerdinha; Ricardo Capanema, Paulo de Tárcio e Rafinha; Arian Taperaçu (Marco Goiano), Will (Pecel) e Fidélis (Mauro Praia). Técnico: Agnaldo de Jesus

ASA: Marcão; Marcelo, Romário, Willames José e Léo Campos; Natan, Jadson (Dannyel), Dakson (Geovani) e Gabriel (Pitio); Ciel e Betinho. Técnico: Nedo Xavier

Árbitro: Ramon Abatti Abel – SC

Assistentes: Helton Nunes – SC e Thiago Americano Labes – SC

Cartões amarelos: Ricardo Capanema e Esquerdinha (Bragantino); Léo Campos e Natan (ASA)

Gol: Rafinha, aos 9 minutos do 2° tempo para o Bragantino

Local: Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, em Bragança

Por Fábio Relvas / Foto: Augusto Queiros

Deixe uma resposta