Educação: Sintepp apresenta posição contrária aos sábados letivos em 2016

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) enviou nessa quarta-feira (3) um ofício destinado à gestora da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Ana Claudia Hage. No documento, assinado por Alberto Andrade Junior, coordenador geral do sindicato, é colocada a posição da entidade em relação ao Calendário Letivo 2016.

O ofício é a resposta do Sintepp a um outro enviado pela Seduc ao sindicato em 29 de janeiro deste ano. De acordo com Ana Claudia Hage, o calendário considerou várias peculiaridades ocorridas no período de greve dos professores em 2015.

Agora, o Sintepp pede a reformulação desse cronograma e solicita a exclusão de 10 sábados para Calendário Letivo de 2016. Em Parauapebas, a previsão para o término do ano letivo de 2015 é 18 de fevereiro, enquanto as aulas para o ano letivo de 2016 só devem começar dia 7 de março. 

Publicidade