Polícia

Duas mulheres assassinadas em Juruti por causa de dívida de 400 reais

Um duplo homicídio foi registrado no último domingo (10), no município de Juriti, região oeste do Estado. Por causa de uma dívida de R$ 400,00, uma mulher de 40 anos e a nora dela foram mortas a golpes de arma branca. O autor dos crimes foi preso em flagrante. Ele é conhecido como Joézio Souza de Souza, 24 anos de idade. A dívida não era das mulheres. O duplo homicídio aconteceu na comunidade rural de Juruti Velho, onde moravam Rosalina da Silva, 40 anos, e Keliane Branges Coelho, 26. Esta última era casada com o filho de Rosalina, identificado apenas pelo nome de Silva.

A Polícia Civil do município investiga a motivação do duplo assassinato. Preliminarmente seria um problema financeiro do acusado com o marido de Keliane e filho de Rosalina. Na manhã dos assassinatos, Joézio teria ido cobrar a dívida no valor de R$ 400,00 na casa de Rosalina. Esta não aceitou a cobrança e teria agredido verbalmente o acusado, que irritado tirou uma faca da cintura e desferiu duas facadas na mulher, que morreu no local.

Em seguida, Joézio se dirigiu à residência onde estava Keliane. Ao encontrar a mulher, também lhe desferiu vários golpes com a faca. Vizinhos chamaram a Polícia Militar, que encontrou Keliane ainda com vida. Ela foi resgatada e encaminhada ao Hospital Municipal, mas não resistiu e morreu durante a noite.

Joézio Souza foi encontrado e preso e flagrante pela PM, após investigação e buscas. Ele foi conduzido a um posto policial e depois encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Juruti.

Momento em que Joézio Souza foi preso

Deixe seu comentário