Delegacia de Eldorado do Carajás em estado de abandono

Continua depois da publicidade

segurança A segurança pública em Eldorado do Carajás há tempos vem sendo alvo de críticas e reclamações por parte dos moradores. Agora a delegacia de polícia civil foi qualificada como “precária”, sem as mínimas condições de atendimento a público.

Um dos pontos criticados é a falta de linhas telefônicas o que impossibilita as denúncias anônimas e ainda acionar a polícia civil naquele município. Foi percebida ainda a falta de computador e impressora para os serviços essenciais como, por exemplo, emissão de intimações e ofícios, quase sempre este tipo de procedimento é manuscrito pelo delegado Elias Jorge de Carvalho Francês.

Mas a polícia desmente os fatos e garante que a Delegacia de Eldorado dos Carajás conta com equipamentos de informática para realização de procedimentos policiais, sendo dois computadores completos com impressora.

Quanto à comunicação garantem que o telefone fixo da Delegacia de Eldorado dos Carajás apresenta funcionamento normal, não havendo qualquer problema detectado nem quanto à linha nem ao aparelho telefônico.

“O ofício manuscrito pelo delegado Elias Francês, titular da delegacia local, foi redigido em caráter de urgência, em função do horário adiantado em que ocorreu um crime, por volta de 22h, para requisitar ao Instituto Médico Legal (IML) de Marabá a remoção e perícia da vítima de homicídio”, lê-se na nota da polícia civil.

Por Francesco Costa – Eldorado dos Carajás