Parauapebas

Darci Lermen muda mais um comando, agora da Sempror

A dança das cadeiras continua no “Governo da Nossa Gente”. A bola da vez é Eurival Martins, o Totô, secretário de Produção Rural (Sempror), cuja gestão foi controversa desde o início e que, possivelmente, só foi mantido no cargo até então devido ao forte laço de amizade com o prefeito Darci Lermen. A exoneração do titular da Sempror ainda não foi oficializada, mas é dada como certa.

À frente da Sempror ficará o zootecnista Elson Cardoso, técnico e servidor efetivo da própria pasta, que terá como adjunto o agricultor Claudenor Almeida, conhecido como “fera”.

Na próxima terça-feira (7), Totô vai reunir a imprensa para falar sobre o assunto e ainda prestar contas do que realizou. A Reportagem não conseguiu contato com ele, que está na zona rural, segundo informações.

Em rápida conversa com o Blog, Darci Lermen justificou a exoneração como um ajuste necessário para a melhor condução do governo. “Fiz e faço ajustes no governo de forma cautelosa e tranquila,” frisou o prefeito, que elogiou o trabalho de Totô, mas preferiu não se aprofundar no assunto. “Totô é um apaixonado pela agricultura. Ele fez um belo trabalho, organizou a secretaria,” resumiu ele.

Contudo, no meio político e jornalístico, é de conhecimento que a pressão sobre o prefeito para mudar o comando da Sempror vinha sendo pesada, desde que Totô foi nomeado para o cargo. A insatisfação não estaria apenas entre os grandes produtores rurais, mas até mesmo entre os trabalhadores do campo e dos sem-terra insatisfeitos com a condução da política do secretário.

Darci segurou até onde foi possível e não cedeu às pressões. Mas, recentemente, o ex-presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Elias da Construforte, teria pedido a secretaria, mesmo se colocando na oposição ao governo. “Não foi por pressão,” assegurou o prefeito ao blog.

Deixe seu comentário