Curionópolis poderá vir a se chamar Serra Leste

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Chamonzinho Os habitantes de Curionópolis, município do Sudeste paraense, poderão escolher um novo nome para a cidade, ainda este ano. A Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) recebeu no último dia 6 de março um Projeto de Decreto Legislativo – de autoria do deputado Estadual Fernando Coimbra (PSD), autorizando a convocação de um plebiscito para que a população possa manifestar sua opinião sobre a mudança de nome do município para Serra Leste.

O projeto foi proposto às comissões e deve ir a plenário em, no máximo, 45 dias. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PA) fixou o prazo de 180 dias para a realização do plebiscito, a contar da data de publicação do Decreto Legislativo. Segundo avalia Coimbra, a mudança de nome poderia dar maior visibilidade ao município, tanto no cenário nacional, como no internacional. “Curionópolis tem uma das principais jazidas de ouro do Pará, com capacidade para produzir, inicialmente, 150 toneladas. Grande parte de suas riquezas fica na região de Serra Leste, onde a Vale implantou o projeto para explorar os minérios. É preciso considerar isso.

O deputado afirma que a mudança de nomenclatura pode aproximar e garantir investimentos, e, indiretamente, levar benefícios à população. “Tem ainda o anseio popular, que espera pela alteração do nome. Gostaríamos que as pessoas decidissem como querem chamar sua cidade. Não se trata de uma imposição, e sim de escolhas”, assegura o parlamentar. A região de Serra Leste é um acidente do relevo geográfico, que é bastante conhecido em virtude da alta incidência de recursos naturais não renováveis. A elevação, segundo aponta o deputado, é uma referência municipal, estadual, nacional e internacional de Curionópolis. A cidade tem 2.289 km², abriga cerca de 50 mil habitantes e tem como prefeito o peemedebista Wenderson Chamon, o “Chamonzinho”, dono de um dos maiores índices de avaliação de gestão do Brasil.

Atualização
De acordo com o Ministério Público, o projeto do deputado Coimbra deve sofrer uma alteração, já que o projeto não pode tramitar com um nome escolhido. Segundo informado, a população deverá escolher o nome em uma lista que será apresentada  após aprovada a mudança em plebiscito.

Publicidade

Posts relacionados