CPI das crianças e adolescentes desaparecidas continua buscando soluções

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A CPI que investiga o desaparecimento de crianças e adolescentes, presidida pela deputada Bel Mesquita (PMDB-PA) , ouve nesta terça-feira (8) o coordenador-geral da Polícia Internacional (Interpol), José Ricardo de Queiroz, e o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Hélio Derenne.

Deputada Bel Mesquita[1]

Muito trabalho

Na semana passada a CPI presidida pela deputada paraense esteve em Salvador (03) e Natal (04) com o objetivo de discutir políticas públicas para encontrar formas de combater o desaparecimento de crianças.

Dentro da pauta de atividades da CPI estão as oitivas, em que as autoridades constituídas e as pessoas que tem casos de parentes desaparecidos, prestem seus depoimentos e auxiliem a Comissão a avaliar melhor as formas como desaparecem nossas crianças.

Essas oitivas visam mapear o desaparecimento de criança e adolescentes em todo o território nacional, levantando dados para que as causas e consequências dos desaparecimentos possam ser determinadas de forma mais rápida e eficaz pelo poder público. Espero, e estamos trabalhando muito para isso, que ao concluir essa CPI, possam surgir políticas públicas sérias, com o objetivo de diminuir o número de crianças desaparecidas no país”, disse a deputada Bel Mesquita.

Publicidade