Covid-19 ataca servidores da Prefeitura de Novo Repartimento

Prefeito baixa decreto mandando todos os servidores para casa durante três dias, período em que serão tomadas providências para prevenir novos casos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Diante do aumento do número de servidores em atividade acometidos pelo novo coronavírus na sede administrativa da Prefeitura de Novo Repartimento, o atendimento ao público foi suspenso e os funcionários mandados para casa. O decreto assinado ontem, quinta-feira (20), tem validade de três dias.

O documento informa que no período de 21 a 23 de maio, os servidores lotados na sede da prefeitura, estarão dispensados das atividades presenciais, devendo prestar os serviços remotamente.

E diz que as medidas de prevenção e combate à disseminação da covid-19 pois serão intensificadas com: descontaminação do prédio, alocação de instalações de medidor de temperatura, suporte para álcool em gel na entrada, bem como testagem em massa de todos os servidores lotados na referida unidade administrativa.

Conforme o decreto, “as atividades presenciais na sede administrativa da prefeitura retornarão a partir de 24 de maio, apenas com funcionamento interno, que se dará até a data de 4 de junho de 2021”. Nesse período, o atendimento ao público será via e-mail e WhatsApp disponibilizados no site da Prefeitura Municipal.

Ao retornarem às atividades presenciais, os servidores deverão testar negativo à covid-19, devendo ainda ter temperatura aferida ao chegarem para a jornada de trabalho “e tomarem todas as medidas preventivas de contaminação como: o uso do álcool em gel, máscaras e distanciamento social recomendado pela OMS”.

 Fonte ouvida pela Reportagem, revelou que aumentaram demasiadamente os casos do novo coronavírus entre os servidores públicos lotados na sede do governo municipal. E, diante da situação, considerada grave, o decreto foi necessário.

(Antonio Barroso)

Publicidade