CONJUNTURA ATUAL DA PROPORCIONAL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Com a briga pela majoritária à Prefeitura de Parauapebas polarizada entre Bel Mesquita (PMDB) e Darci Lermen (PT), fica a expectativa para a eleição proporcional, que é a de vereadores.
Muitos são os candidatos com reais chances de se eleger e até mesmo de se reeleger.
A eleição de um vereador é muito complicada pois até mesmo as pesquisas não dão garantia de eleição a um vereador que aparece bem nas consultas. As pesquisas geralmente são feitas nos bairros e ali podem aparecer vários apontamentos de um candidato e que na realidade os votos dele estão só no citado bairro, sendo assim quando se tabula uma pesquisa o candidato teve 2 ou 3% dos votos totalizados da pesquisa mas esses votos foram adquiridos somente em um bairro, não demostrando a realidade complexa da vontade geral da população. Por isso é interessante para o candidato se apresentar bem em todos os bairros e em todas as camadas da população.
Pelo lado da Coligação Aliança para o bem de Parauapebas temos Ávila, Caido, Carmem Carume, Creuza, Faisal,Francis, Maridé, Meire, Odilon , Percilia e Willian brigando por uma das 11 vagas na Câmara Municipal.
Pela Coligação Parauapebas no rumo certo temos Adelson , Alemão, Altamiro, Euzébio, João do Feijão, Joelma, José Alves, Massud, Miquinhas, Negão, Pavão, Zacarias, Wolner e Wanterlor.
Não significa que a eleição será somente entre esses candidatos, mas são os nomes com maiores investimentos e em assim sendo os que mais se apresentam.
Alguns casos merecem uma ponderação. É o caso de Faisal e Massud por exemplo. Faisal e Massud deverão ser juntos os campeões de votos em outubro e poderão ficar fora da briga em virtude do coeficiente eleitoral.
Enquanto Faisal tem que apostar suas fichas nos candidatos do DEM, Massud torce por uma perfomace satisfatória de Jussara Jordy do PPS. Jussara fala aos 4 cantos que não irá para campanha em virtude de problemas de saúde e por parte do DEM Meire Vaz não decolou ainda o que pode frustar a eleição de Faisal.
Agora é esperar o dia 19 quando começa o horário eleitoral gratuito para que esses candidatos mostrem suas forças tentando sensibilizar o eleitor em busca dos tão concorridos votos.
Quem serão os 11 ? Só o tempo dirá. Ou melhor, só as urnas dirão.

Deixe seu comentário

Posts relacionados