Confira o laudo do IML sobre a desapropriação de lotes em Parauapebas

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Uma denúncia de que a aquisição de lotes para a construção de 500 casas em um terreno do empresário Hamilton Riberio deu início a vasta investigação pelo Ministério Público do Pará. A denúncia dava conta que os valores pagos pelos lotes haviam  sido superfaturados.

A prefeitura de Parauapebas encomendou ao Instituto de Perícias Científicas Renato Chaves (IML) uma auditoria em toda a documentação da desapropriação, assim como a verificação dos valores pagos. Confira, com exclusividade, o laudo assinado por Joaquim Batista Araújo, perito criminal do IML, que afirma que não houve irregularidades ou superfaturamento na desapropriação:

image

image

image

image

image

image

Relacionados