Conceição do Araguaia: Operação “Cabresto” investiga compra de votos

Foram cumpridos seis mandatos de busca e apreensão para coibir a corrupção eleitoral, que teria sido praticado nas eleições deste domingo (15)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Ministério Público Eleitoral (MPE) realizou ontem (15) a Operação Cabresto para investigar suposto esquema de compras de votos em Conceição do Araguaia, no sul do Pará. Foram expedidos pela Justiça Eleitoral seis mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos diretamente pelo MPE, por meio da promotora de Justiça Cremilda da Costa, com auxílio da Polícia Militar.

Entre o material apreendido estavam títulos eleitorais de terceiros, anotações acerca de eleitores, veículos, aparelhos celulares e dinheiro. Segundo o MPE, e esquema beneficiava quatro candidatos a vereadores do município.

A operação, que recebeu o nome em alusão a prática usada na época do coronelismo, em que as pessoas eram direcionadas e obrigadas a votar em um candidato, busca o combate à corrupção eleitoral com trabalho investigativo e utilização do método de produção de prova disponível no Código de Processo Penal, para que não haja dependência apenas da prisão em flagrante.

Além disso, segundo o MPPA, nos processos foram deferidos a quebra de sigilo telefônicos e telemáticos dos envolvidos.

(Tina Santos- com informações do MPPA)