Conceição do Araguaia fará maratona de shows de fim de ano por quase R$ 500 mil

Evento intitulado “Virada Cultural” começará com festas bancadas pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Juventude no dia 27. Prefeitura reporta “movimentação econômica”
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Pode faltar tudo, menos festa neste final de ano em Conceição do Araguaia, município de 48 mil habitantes e onde 6.300 pessoas são consideradas extremamente pobres pelo Ministério da Cidadania, com base em dados de setembro do Cadastro Único gerido pelo Governo Federal. A prefeitura local abriu as torneiras para contratação de shows a fim de celebrar o apagar das luzes por meio do que chama de “Virada Cultural do Araguaia: Vem pra CDA 2019”.

O Blog do Zé Dudu contabilizou ao menos cinco shows previstos e cujos processos de inexigibilidade de licitação foram encaminhados ao mural do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na última sexta-feira (20). Quase meio milhão de reais serão utilizados para bancar as festividades, justificadas pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Juventude (Semtej) como “possibilidade de uma movimentação econômica no comércio local”. O governo local acredita que “são inúmeros serviços na área de segurança, alimentos e bebidas” movimentados durante os shows e espera um número maior de visitantes ao longo da programação em relação ao ano passado, já que, na visão da gestão, Conceição se tornou “vitrine” pela tradição de shows.

A “Virada Cultural” vai dar início ao primeiro show na sexta-feira, dia 27 de dezembro. A dupla Edy Britto & Samuel se apresentará às 23h, em show de uma hora e quarenta minutos. O cachê previsto para a atração é de R$ 80 mil. No domingo (29), no mesmo horário, é a vez de Max & Luan, que cantam por uma hora e vinte minutos pelo mesmo valor, R$ 80 mil. No dia seguinte (30), sobe ao palco a dupla Zé Ricardo e Thiago, que canta por uma hora e meia e recebe cachê de R$ 75 mil.

Na virada do ano, dia 31 de dezembro, duas atrações vão subir ao palco do projeto Beiradeiro. A dupla Israel & Rodolfo, embora sem horário definido para se apresentar, já tem uma certeza: o cachê será de R$ 150 mil. A queima de fogos vai ocorrer ao som de Guilherme & Santiago, que têm previsão de começar a cantar às 23h, por uma hora e vinte minutos, e irão faturar R$ 200 mil, sendo a atração mais cara contratada pela “Virada Cultural”.

ATUALIZAÇÃO:

O prefeito Jair Martins, em contato com o Blog, informou que a verba utilizada para o evento é fruto de emenda parlamentar da deputada estadual Renilce Nicodemos (MDB) direcionada à Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Juventude (Semtej), não sendo possível sua utilização para outro fim.

Publicidade

Posts relacionados