Comandante-geral da Polícia Militar visita o 23º BPM em Parauapebas

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes

O comandante-geral da Polícia Militar do Pará, Coronel Hilton Celson Benigno de Souza, visitou, nesta quarta-feira (29), o 23º Batalhão de Parauapebas, além da Companhia de Eldorado dos Carajás e do Pelotão de Curionópolis. Na ocasião ele se reuniu com o efetivo do 23° BPM para ouvir as demandas locais e tratar de assuntos de interesse da tropa. Benigno aproveitar para tecer elogios ao desempenho da PM em Parauapebas, pela diminuição significativa de casos de roubo e latrocínio da cidade.

A reunião contou ainda com a presença do Coronel Queiroz, chefe do Departamento Geral de Operações (DGO) e do Coronel Mauro Sérgio, chefe do Comando de Policiamento Regional II (CPR II).

Segundo o subcomandante do 23º BPM, Major Emmett Alexandre Moulton, a tropa ficou muito satisfeita com a presença do comandante-geral e aproveitou para tirar algumas dúvidas em relação a soldo (salário) e gratificações; e também fez algumas reivindicações, entre elas, a melhoria nas comunicações via rádio. Hoje, a antena repetidora do Centro de Controle Operacional (CCO) de Parauapebas fica em Curionópolis.

Benigno ouviu com atenção, dirimiu todas as dúvidas e anunciou que o convênio com a Vale, visando investimentos em segurança, foi renovado e a mineradora deve investir em comunicações e tecnologia. Emmett antecipou que, em breve, Canaã dos Carajás também terá seu CCO.

Segundo ele, o comandante lembrou que recentemente o 23º BPM recebeu três viaturas novas e logo será reforçado com 29 motocicletas e fuzis calibre ponto 40 para policiamento urbano, uma vez que o estado adquiriu 700 dessas armas para a PM.

“Hoje, a PM melhorou muito. Houve época em que o policial, quando ia para casa, tinha de deixar a arma no quartel. Hoje não, todo policial tem sua arma,” assinala o Major Emmett, salientando que o Coronel Benigno destacou que a PM do Pará, hoje, é a única no país em que todos os seus integrantes estão armados e portam outros elementos que compõem o kit do policial.

Publicidade

Relacionados