Castanhal perde para o Moto (MA) e está eliminado, enquanto que o Paragominas vence o São Raimundo (RR) e avança na Série D

O Japiim perdeu os dois jogos para o Papão do Norte e o Jacaré venceu duas vezes o Mundão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O domingo (19) foi decisivo para as pretensões das duas equipes paraenses que disputam o Campeonato Brasileiro da Série D. Pelos jogos de volta da segunda fase da competição nacional, o Castanhal recebeu o Moto Club (MA), no Estádio Maximino Porpino, o Modelão, em Castanhal, enquanto que o Paragominas visitou o São Raimundo (RR), no Estádio Flamarion Vasconcelos, o Canarinho, em Boa Vista.

Castanhal 1 x 2 Moto Club

Após perder o jogo de ida, por 2 a 0, no Maranhão, a equipe do Castanhal tomou a iniciativa da partida. O atacante Pecel recebeu passe, limpou a jogada e chutou, a bola bateu na defesa do Moto dentro da área e os jogadores do Japiim pediram pênalti, mas a arbitragem mandou o jogo seguir. A equipe motense respondeu com Abu, que chutou cruzado e a bola passou por todo mundo.

Em mais uma tentativa da equipe aurinegra, Leandro Cearense recebeu passe na área e caiu pedindo pênalti, outra vez a turma do Castanhal ficou na bronca e o árbitro Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, do Rio de Janeiro, deu sequência na jogada assinalando apenas tiro de meta para a equipe maranhense. Após cruzamento na área, o atacante Pecel subiu de cabeça e mandou a bola para fora. Uma boa chance desperdiçada pelo Japiim.

O Moto Club respondeu com Ted Love, que encarou a marcação e deu passe para Vander, o meia soltou a bomba e o goleiro Axel Lopes salvou com reflexo o que seria o primeiro do jogo. O Castanhal tentou novamente, quando Lukinhas tocou para o chute de Renato de fora da área, a bola foi rasteira para a defesa do goleiro João Paulo. No segundo tempo, o Papão do Norte começou com tudo e abriu o placar. Vander fez boa jogada e recebeu passe de volta, o meia chutou consistente para o fundo do gol, aos dois minutos, 1 a 0, Moto.

Minutos depois, Felipe Cruz foi tocado por trás dentro da área por Samuel e o árbitro não titubeou e marcou pênalti para o Moto. Ted Love cobrou e acertou na trave e no rebote, Felipe Cruz mandou para o barbante, 2 a 0 para a equipe motense, aos 10 minutos. O time paraense conseguiu diminuir, quando após em uma cobrança de escanteio, o zagueiro Guilherme subiu firme para marcar de cabeça, aos 19 minutos.

O Japiim cresceu em busca do empate. Após outro escanteio cobrado, a bola ficou no bate-rebate dentro da área, a turma do Castanhal ficou pedindo pênalti, a redonda sobrou para Samuel que encheu o pé, a bola passou perto do travessão do goleiro João Paulo. O time aurinegro teve uma boa oportunidade, quando Vitinho cruzou e Canga raspou de cabeça, a bola passou por cima do travessão. O Lateral-direito Diego Renan, do Papão do Norte, recebeu o segundo cartão amarelo, consequentemente o vermelho e foi expulso de campo, aos 51 minutos. Placar final: Castanhal 1 x 2 Moto Club.

Após fazer a melhor campanha de toda a primeira fase da Série D, quando somou 36 pontos, o Castanhal se despediu perdendo os dois jogos para a equipe do Moto Club. O time maranhense avançou para às oitavas de final da competição nacional e vai enfrentar o América (RN), em jogos de ida e volta.

São Raimundo 1 x 2 Paragominas

Como venceu o jogo de ida, por 1 a 0, na Arena Verde, o Paragominas esperou o adversário tomar a iniciativa da partida. O São Raimundo teve a primeira chance, depois que Fininho cobrou escanteio e Erik subiu de cabeça, o goleiro Dida caiu para fazer a defesa. O Mundão tentou novamente com Tavinho, que arriscou de fora da área e o goleiro Dida teve que se virar espalmando para o lado.

O PFC chegou, quando após bola alçada na área, o atacante Paulo Rangel subiu de cabeça para a defesa do goleiro André Regly. O time de Roraima tentou surpreender com Tavinho, que cobrou falta e mandou longe da meta do goleiro Dida. Outra vez o São Raimundo tentou com Juninho, que chutou e a bola sobrou para Tavinho, mas a batida passou sem perigo. Pressão do Mundão. Após bola na área, Tavinho cabeceou, a redonda passou do goleiro Dida e Biro salvou em cima da linha.

Outra vez o time da casa assustou, quando Eric fez pivô de cabeça para o chute de Juninho, o goleiro Dida salvou o Jacaré de levar o primeiro. Em mais uma chance, Juninho chutou cruzado e a bola passou por todo mundo. Que oportunidade perdida pelo São Raimundo. Depois de uma sobra de bola, Maia emendou um chute de primeira e errou a pontaria, a redonda passou pela linha de fundo e sem perigo contra a meta do PFC.

Já na reta final do primeiro tempo, Juninho do Mundão cortou para o meio e arriscou, a bola foi para fora. Logo em seguida, Tavinho se livrou da marcação e chutou para a boa defesa do goleiro Dida. Logo aos 30 segundos do segundo tempo, Tavinho roubou a bola e tocou por cobertura, marcando um golaço no Estádio Canarinho, 1 a 0 São Raimundo. O time da casa cresceu na partida. Carlinhos cruzou e Erik desviou, o goleiro Dida salvou à queima-roupa.

Em outra boa jogada de Carlinhos, o lateral-direito cruzou da linha de fundo para a cabeçada de Fininho, a bola foi para fora. O Paragominas chegou a marcar, quando o goleiro André Regly saiu do gol para abafar, e a bola sobrou para Paulo Rangel sozinho empurrar para o barbante, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante do Jacaré do Norte, aos 12 minutos. Logo depois, o PFC marcou e dessa vez valeu. Dutra avançou pelo meio e chutou para deixar tudo igual, aos 19 minutos, 1 a 1.

O São Raimundo foi em busca da vitória. Fininho fez boa jogada individual e chutou de fora da área, a bola passou com muito perigo contra a meta do goleiro Dida. Fininho cobrou escanteio no primeiro pau e Belão acertou um chute de primeira, mas a bola foi para fora. Em uma falta para o Mundão, Elicley cobrou e o goleiro Dida desviou para salvar o PFC. Pressão do time de Roraima. Em uma sobra de bola, Tavinho chutou colocado pela linha de fundo.

Mas que marcou foi o Jacaré. Michel Silva cobrou falta no segundo pau e o zagueiro Douglas subiu de cabeça para virar o jogo, aos 40 minutos, 2 a 1 Paragominas. O time da casa ainda tentou o empate. Rian cobrou falta, a bola desviou e Selson cabeceou no segundo pau, e a bola passou por cima do travessão do goleiro Dida. Fernando do PFC e Tavinho do Mundão se estranharam e os dois acabaram expulsos pela arbitragem. O técnico Robson Melo foi reclamar e também recebeu cartão vermelho do árbitro Mayron Frederico dos Reis Novais, do Maranhão. Placar final: São Raimundo 1 x 2 Paragominas.

Com o resultado, o Paragominas eliminou o São Raimundo com duas vitórias e agora vai encarar o Atlético (CE), em jogos de ida e volta, valendo pelas oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D.

Por Fábio Relvas / Fotos: Ivonisio Júnior e Jivago Lemos (Ascom Castanhal)