Boletim Epidemiológico aponta 45 novos casos de Covid-19 em Parauapebas

Com mais de 243 mil pessoas testadas desde o início da pandemia, o município chega às 37.155 pessoas acometidas pela doença
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas acaba de divulgar mais um Boletim Epidemiológico sobre o cenário do novo coronavírus no município. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), mesmo com todos os esforços e trabalho sem trégua no combate à propagação da Covid-19 e na luta para salvar vidas, os números de casos positivos no município aumentam diariamente.

Nesta terça-feira (16), foram confirmados 45 novos pacientes infectados, não tendo sido registrados novos óbitos por Covid-19. A Ascom informa ainda que o número de pessoas que venceram a doença viu um crescimento de mais de 50 desde o último Boletim Epidemiológico, com 35.979 pacientes recuperados.

No total, 243.964 pessoas já foram testadas para a doença desde o início da pandemia, entre o exame PCR e a testagem rápida. Destes, 206.809 foram descartados, enquanto 37.155 casos foram confirmados. Hoje, 19 pessoas estão internadas, o que representa 24% dos leitos disponíveis em Parauapebas.

Uma análise dos dados do município desde o início da pandemia permite observar que a maioria dos afetados está entre os 20 e 50 anos de idade. Os homens representam 59,55% das confirmações, com 22.125 infectados até então, enquanto 15.030 dos casos positivos são em mulheres. Entre estes pacientes, 9,02% apresentam algum tipo de comorbidade e apenas 0,7% chegou a ser internado em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs); 2,92% são profissionais de saúde.

A Prefeitura reforça a importância de praticar as orientações do Ministério da Saúde e dos especialistas em relação aos cuidados com a saúde: lave sempre as mãos com água e sabão. Evite tocar olhos, nariz e boca. Evite sair de casa, mas caso precise sair, use a máscara de proteção sobre o nariz e a boca – é obrigatório. O distanciamento social é a melhor medida preventiva contra o novo coronavírus.

Evite aglomerações durante o feriado de Carnaval e, em caso de sintomas, procure a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima, ou o Pronto Socorro do Hospital Geral de Parauapebas.

Óbitos

Apesar de não terem sido confirmados novos óbitos por Covid-19 nesta terça-feira, o número de fatalidades pela doença no município permanece o segundo maior do sudeste do estado, com 237, atrás apenas de Marabá. A taxa de letalidade de Parauapebas é de 0,6%, representando 110,9 falecimentos para cada 100 mil habitantes.

Uma análise profunda do perfil dessas pessoas mostra que a maioria dos afetados estava acima dos 60 anos de idade, e era do sexo masculino – 141 homens e 96 mulheres vieram a falecer por complicações da doença. Destes pacientes, 72,96% apresentavam algum tipo de comorbidade e 56,12% chegaram a ser internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs); 3,38% eram indígenas. 

Novos casos

O Boletim Epidemiológico desta terça revela que 16 dos pacientes confirmados são do sexo masculino, com idades variando de 13 a 72 anos de idade; nas 28 mulheres confirmadas, as idades variam entre 17 e 59 anos. A doença ainda foi diagnosticada em uma criança de dez anos, sem registro de gênero.

Os dados divulgados informam que todos os novos casos se encontram em isolamento domiciliar, tendo sido confirmados através do exame PCR, realizado pela prefeitura.

Com os registros anunciados hoje, Parauapebas passa a ter 37.155 casos confirmados. Destes, 19 pacientes estão internados; 920 pacientes estão em isolamento domiciliar; 35.979 pacientes foram recuperados e receberam alta; 237 pacientes foram a óbito.

O Boletim afirma ainda que 252 pessoas foram testadas nesta terça-feira.