Atlético Paraense perde para o Sport Real, em Belém, e terá que reverter a vantagem do adversário

A Andorinha fez verão e surpreendeu a Onça Preta, vencendo por 2 a 0, no Estádio do Souza
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Foto: Lucas Sampaio e Sidney Oliveira

Continua depois da publicidade

O Clube Atlético Paraense não foi bem no jogo de ida das quartas de final da Segundinha do Parazão 2020. Atuando na manhã desta quarta-feira (2), o CAP perdeu para o Sport Real por 2 a 0, no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém. Com o revés, o time da cidade de Parauapebas terá que vencer por três gols de diferença no jogo de volta, ou dois, para levar a decisão da vaga para os pênaltis.

As duas equipes entraram em campo sob o forte calor da capital paraense e um tempo abafado. O árbitro da partida autorizou a parada técnica no primeiro tempo para a hidratação dos atletas. A partida foi bastante equilibrada nos primeiros 45 minutos, com chances para ambos os lados. O Atlético teve boa posse de bola, criando boas jogadas em campo e tentando encurralar o adversário.

Na etapa derradeira, o jogo seguiu equilibrado e difícil. A Onça Preta quase marcou na cobrança de falta de Luiz Fernando, a bola passou perto do travessão do Sport Real. Mas foi a Andorinha que fez verão e voou mais alto no Souza: Werlesson foi lançado e chutou na saída do goleiro, abrindo o placar; em seguida, a zaga do CAP foi cortar, mas a bola tocou em Cleyton e encobriu o goleiro Gustavo. Placar final: Sport Real 2 x 0 Atlético.

“Eu não avalio quem foi melhor. Minha avaliação é que o jogo foi duro – o Atlético é forte, uma equipe boa, foi muito difícil ganhar. Nossa equipe lutou e, graças a Deus, ele nos ajudou. Sem ele não teríamos vencido uma equipe tão exemplar como a do CAP, pois, ao meu ver, sinceramente, é uma grande equipe,” afirmou Ronaldo Carvalho, presidente, atacante e capitão do Sport Real.

O Atlético entrou em campo com o futebol de Gustavo; Ralysson, Caíque, Leonardo e Hércules; Mauro Júnior, Carlinhos e Luiz Fernando; Yan, Tony Love e Guilherme. A partida de volta entre Atlético Paraense e Sport Real será na próxima segunda-feira (7), às 15h30, no Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, em Parauapebas. Para o técnico Rogerinho Gameleira, a decisão da vaga está em aberto. 

“Foi um jogo onde tivemos o domínio da partida. Em duas jogadas, onde jogaram a bola longa, nós perdemos a primeira bola e saiu o primeiro gol. No segundo gol, eles tiveram sorte. Nós perdemos a primeira bola e enfiaram na diagonal, Rai tirou a bola, que bateu no jogador adversário e encobriu o nosso goleiro. Acho que não foi um jogo ruim, e em dois lances cruciais nós perdemos o jogo. Mas está totalmente em aberto a partida. Nós temos totais condições de reverter esse quadro, claro, respeitando o adversário e reverter na segunda-feira. Vamos trabalhar para consertar os erros, que foram poucos, para a gente conseguir a nossa classificação,” avaliou Rogerinho Gameleira, técnico do Atlético.

Por Fábio Relvas