ÁGUIA CONFIANTE PARA O PARAENSE

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

* – Por Bariloche Silva

Jogadores do Águia de Marabá já estão na cidade se preparando para o Parazão 2009 Atual vice-campeão do futebol profissional paraense e quinto colocado geral do Campeonato Brasileiro da série “C” no ano de 2008, organizados respectivamente pela Federação Paraense de Futebol (FPF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o time do Águia de Marabá chegou a Parauapebas no último sábado (3) para se preparar para o Campeonato Paraense de Futebol e também para a Copa do Brasil.
Como o município de Marabá não conta com estádio com capacidade para receber um público superior a cinco mil torcedores, o time da cidade vizinha firmou acordo com a Prefeitura Municipal, através da Liga Esportiva de Parauapebas (Lep), e os jogos do Águia serão disputados nas dependências do Estádio Municipal Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, que fica localizado no bairro Liberdade.
No final da manhã da última quarta-feira (7), homens da Polícia Militar do Estado do Pará e do Corpo de Bombeiros Militar de Belém estiveram nas dependências do estádio Rosenão para averiguar o andamento das adequações do estádio para receber os jogos do Campeonato Paraense de Futebol 2009.
Na oportunidade, João Galvão, técnico do Águia de Marabá falou ao Regional e contou como está preparando o time para os jogos que serão realizados em Parauapebas nos próximos meses.

Segundo Galvão, o Águia de Marabá perdeu vários atletas para outras equipes, como por exemplo, o Campinense que contratou os jogadores Ciro, Gustavo e Perí, e ainda Lê que foi para o Paysandu. Por outro lado, a diretoria aguiana, contratou os atletas Luis Fernando, Marabá, Franel, Maçal, Charles, Leandro César e outros jogadores.

“Estamos com muita confiança no grupo que está sério, humilde e focado na união, tendo em vista que quando eu dirijo um time, trabalho muito a união. Até a estréia do Campeonato Paraense já iremos ter um grupo bastante unido, facilitando assim os trabalhos dentro das quatro linhas. Nós entramos para brigar pelo título do Parazão, ser campeão é uma conseqüência, mas o Águia chegou a um estágio que não pode mais parar, pois somos uma equipe forte e que fez o nome nacional, sendo o atual vice-campeão paraense e não podemos entrar para ser apenas coadjuvantes, mas acima de tudo respeitamos todos os nossos adversários que também têm condições de lutar pelo título”.

* – Bariliche Silva é editor e proprietário do site Pebinha de Açucar e repórter do Jornal O Regional, cursa Letras na Universidade Santo Amaro (Unisa). Cede regularmente fotos e texto para este blog.

Publicidade